Região

GM de Apucarana deve receber armas de choque em 60 dias

Da Redação ·

O Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan), entidade autárquica responsável pela gerência e supervisão da Guarda Municipal, informou que deve finalizar ainda hoje (sexta-feira – 11/03) o processo interno que prevê a aquisição de armas não letais de eletrochoque, mundialmente conhecidas como “taser”, para os agentes apucaranenses.

continua após publicidade

Bastante burocrático, os trâmites de importação do equipamento ficarão todos a cargo da empresa Seguritec Desenvolvimento e Tecnologia em Segurança Ltda, de Porto Alegre, representante brasileira da fabricante americana. “É sempre complicado fixar prazos, mas se tudo correr como estamos esperando, acredito que dentro de 60 dias as tasers já deverão estar em Apucarana”, informa José Luiz Alves Miguel, gerente de Segurança, Trânsito e Transporte do Idepplan. De acordo com ele, com o investimento de R$60 mil será possível adquirir 11 kits, que além da taser incluem as munições e o curso de formação do agente. As tasers são aguardadas com grande expectativa, pois são equipamentos 100% gerenciáveis.

continua após publicidade

Ao ser utilizada, a taser registra todos os dados, protegendo o agente de acusações indevidas que por ventura sejam inventadas pelo infrator, mas que também possibilita punir agentes mal intencionados, que usem a taser com abuso.

Dentro de pouco tempo, a Guarda Municipal de Apucarana também vai estar recebendo – via Consórcio Municipal de Segurança de Londrina e Região (Cismel) - novas viaturas, uniformes, calçados, acessórios e outros equipamentos operacionais (decibelímetro e etilômetro) e de proteção individual. “Aguardamos a conclusão desta etapa de aquisição com muita expectativa. Nossos agentes já realizam um trabalho de destaque com a estrutura que oferecemos, com este reequipamento, a sociedade certamente verá a GM ainda mais presente”, destaca o prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB). Ele lembra que via Cismel, em meados do ano passado Apucarana conquistou R$2,1 milhões junto ao Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).

Segundo o Idepplan, esses materiais já foram licitados no final de fevereiro. “O lote das viaturas, por exemplo, aguarda homologação da empresa vencedora. Para a empresa que venceu a licitação dos uniformes, já enviamos a logomarca, e nos próximos dias o Cismel estará nos avisando para ir checar as amostras dos equipamentos diversos adquiridos, para que possamos escolher, conjuntamente com Arapongas e Londrina, os melhores e mais apropriados às nossas necessidades”, explifica José Luiz Alvez Miguel, gerente de Segurança, Trânsito e Transporte do Idepplan.

continua após publicidade

Através deste processo, Apucarana deverá ser contemplada com 7 viaturas (2 camionetas, 2 pick up, 2 carros e 1 mini-van), 6 motocicletas, 4 bafômetros comuns e um digital com impressora, 2 decibelímetros, uniformes, algemas e outros acessórios para a Guarda.

Em uma próxima etapa, que deve iniciar na próxima semana, serão licitados também equipamentos para integrar a comunicação entre as guardas de Apucarana, Arapongas e Londrina, bem como outros equipamentos para expandir a infraestrutura administrativa do sistema de monitoramento das cidades, como novas câmeras, notebooks, fotocopiadora, impressora e mobiliário para a Central de Controle Operacional (CCO).

O Cismel, da qual Apucarana faz parte, tem sede em Rolândia e é presidida por Johnny Lehmann, prefeito daquele município.