Região

Aeronáutica começa a investigar causas da queda de avião

Da Redação ·

Três técnicos do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa V), da unidade do Rio Grande do Sul, chegaram nesta tarde a Paranavaí, noroeste do Paraná, para investigar as causas do acidente com um avião monomotor modelo P35, que caiu ontem (2) no pátio da Escola Municipal Ilda Campano Santini. A equipe é composta por um médico, um piloto e um mecânico. No acidente, morreram cinco pessoas.

continua após publicidade
A assessoria de imprensa da Aeronáutica informou, em Brasília, que a equipe permanecerá em Paranavaí o tempo que for necessário para coletar e analisar os dados que comporão o relatório a ser entregue ao Comando da Aeronáutica. Segundo a assessoria, não existe um prazo estabelecido para que a Aeronáutica se pronuncie oficialmente. O local do acidente permanece interditado. Segundo o chefe da Comunicação Social da Polícia Militar, Nelson Ventura, policiais estão de plantão para preservar a área e não atrapalhar o trabalho dos peritos.
continua após publicidade
Ventura disse que chovia muito no município na hora do acidente. O monomotor saiu de Sonora, em Mato Grosso, às 9h30, com destino a Arapongas, norte paranaense, mas as fortes chuvas na região impediram o pouso. O piloto ainda tentou aterrissar no Aeroporto de Paranavaí, mas também não conseguiu por causa das chuvas.

Segundo o chefe da Comunicação Social da Polícia Militar, Nelson Ventura, chovia muito no município quando o monomotor modelo P35 caiu no pátio da Escola Municipal Ilda Campano Santini. O avião saiu de Sonora (MT) às 9h30, com destino a Arapongas, mas as fortes chuvas na região impediram o pouso. O piloto ainda tentou aterrissar no Aeroporto de Paranavaí, mas também não conseguiu devido às chuvas.

continua após publicidade

De acordo com Ventura, a Polícia Militar interditou o local do acidente, para preservar a área. Cerca de 250 alunos da escola onde o monomotor caiu não têm aula hoje.

Os corpos de Adriano Romera, Siolmar Grotti Romera, João Romera e do técnico agrícola Rômulo César Fernandes, mortos no acidente, serão enterrados hoje (3), em Arapongas. O corpo do piloto Flávio Marcelo dos Santos foi transferido para Ourinhos, em São Paulo.

As imagens do acidente:

continua após publicidade

continua após publicidade

continua após publicidade