Região

Rolândia comemora os 45 anos da Corol

Da Redação ·
A Corol Cooperativa Agroindustrial comemora 45 anos nessa quinta-feira (30). Fundada em Rolândia por 25 agricultores, a Corol participou ativamente da verdadeira revolução que ocorreu no campo nas últimas quatro décadas com o fim da monocultura do café e a introdução da cultura de grãos. Além de difundir novas tecnologias, ela também introduziu o cooperativismo em sua área de atuação.

A união dos produtores permitiu o surgimento de importantes projetos agroindústrias como a usina de açúcar e álcool, a torrefação de café, a indústria do suco concentrado de laranja e uva e ainda a fabricação de rações e concentrados.

Com 8 mil associados e mais de 3 mil colaboradores, entre efetivos e temporários, a Corol atualmente investe R$ 36 milhões na instalação de um moinho de trigo e outros R$ 70 milhões foram aplicados na ampliação da usina, o que praticamente dobrou a capacidade de moagem de cana.

Outra importante obra em execução é a do moinho de trigo com investimento total de R$ 36 milhões. Localizado às margens da BR-369, em Rolândia, o prédio terá área construída de 8,5 mil metros quadrados e capacidade de moagem de 128 mil toneladas/ano. "Com o moinho os nossos associados não mais ficarão na dependência desse jogo que todo ano é feito pelo mercado comprador", explica Eliseu de Paula, presidente da Corol.

Para Eliseu, quem comercializa a matéria-prima nunca participa dos resultados industriais. "Os nossos associados sabem que eles não são apenas plantadores de laranja, uva ou cana, mas sim, proprietários de modernas plantas industriais, possibilitando a exportação de sucos concentrados, açúcar e álcool e obter o resultado industrial dessa comercialização", exemplificou.

Sobre os 45 anos da cooperativa, o presidente diz que a Corol chega aos 45 anos com a mesma determinação que motivou os pioneiros. "Foram muitos desafios e conquistas ao longo dessas mais de quatro décadas. O crescimento da nossa cooperativa não ocorreu por acaso. Sua trajetória está alicerçada em valores éticos, planejamento estratégico e muito trabalho. O nosso foco continuará sendo o de implantar novas agroindústrias para agregar maior valor à matéria-prima dos nossos associados", observou

continua após publicidade