Região

Caixa abre hoje e Sindicato avalia greve

Da Redação ·

Depois de 15 dias, a greve dos bancários chegou ao fim em grande parte do país. Com acordo entre a Federação Nacional dos Bancos (Fenaben) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), as agências voltaram ao atendimento global ontem.

continua após publicidade

Apenas a Caixa Econômico Federal continuou com a paralisação, mas o atendimento foi retomado hoje.

continua após publicidade

O dia, ontem, foi movimentado nas agências bancárias e nos bancos avançados, como os instalados em seupermercados. Longas filas foram observadas.

Pelo acordo, os bancários que recebiam remuneração fixa mensal até R$ 2.500, em 31 de agosto deste ano, vão ter reajuste de 10%. Aqueles que ganhavam, na mesma data, salários superiores a R$ 2.500 serão aumentados em 8,15%. Esses percentuais vão incidir sobre a Participação nos Lucros e Resultados (PLR), que é de 90% sobre o valor do salário.

A categoria reivindicava aumento de 13%. Mesmo assim, para o presidente do Sindicato dos Bancários de Apucarana e Região, José Roberto Brasileiro, o desfecho da greve foi positivo.

continua após publicidade

O acordo limitou alguns salários, mas foi positivo porque a maioria irá receber os 10%, analisa. Em reajustes anteriores, tivemos 1% de ganho real e agora chegamos a quase 3%, completa Brasileiro.

O presidente do Sindicato lembra, contudo, que a greve é o último recurso quando a discussão trava. E ainda agradece a compreensão da população e usuários das agências fechadas no período.

No acordo deste ano, bancários e banqueiros debateram o pedido de reajuste baseado na inflação correspondente ao período de agosto de 1997 a agosto de 1998, mais 5%. Em agosto do ano que vem, a categoria volta a discutir o rejuste salarial.