Região

Suspeitos de duplo homicídio em Marilândia têm prisões prorrogadas

Da Redação ·

Por solicitação do delegado Gabriel Junqueira, da 17ª SDP, o Judiciário de Marilândia do Sul prorrogou nesta quarta-feira (15) por mais 30 dias as prisões do agricultor Devaldo Piovezan, 55 anos, e seu filho Dani Marcos, 30.

continua após publicidade

Segundo a polícia, eles são suspeitos de encomendar a morte do fazendeiro Ataliba Timóteo da Cruz, 89, e de seu filho Ailton T. da Cruz, 66.

Os presos têm parentesco com as vítimas, que foram executadas a tiros no dia 8 de setembro, na zona rural de Marilândia do Sul. Pai e filho estão presos em Apucarana