Região

Operação da AIFU apreende veículos e lacra bar

Da Redação ·
 Operação da Aifu mobilizou a Guarda Municipal, Polícia Militar e Bombeiros
fonte: Profeta/ Prefeitura Apucarana
Operação da Aifu mobilizou a Guarda Municipal, Polícia Militar e Bombeiros

Apucarana passou no final de semana pela Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) . A operação, coordenada pela Secretaria da Segurança Pública do Paraná, mobilizou a Guarda Municipal de Apucarana, a ROTAM da Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e o Departamento de Fiscalização da Secretaria da Fazenda da Prefeitura de Apucarana. A ação conjunta realizou uma série de abordagens a pessoas, veículos e estabelecimentos comerciais entre a noite de sábado e madrugada de domingo.


Como resultado prático, três postos de combustíveis foram multados em R$1.050,00 por venderem bebidas alcoólicas após as 23 horas, o que é proibido por lei municipal, um bar foi lacrado no Parque Bela Vista por desrespeitar notificação anteriores e outros três bares, todos na Vila Regina, foram notificados e fechados pela falta de alvará.


Uma pessoa foi presa por porte e suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas. “O fator surpresa foi importante para que a ação fosse coroada de sucesso”, destacou o prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB). De acordo com ele, todos os passos da operação foram traçados em conjunto com o intuito de flagrar infrações e crimes.


“No que tange à alçada municipal, fizemos checagens quanto à existência e regulidade dos alvarás e também o cumprimento da “Lei das 23 horas”, que entre outros pontos proibe que bares permaneçam aberto das 23 às 6 horas da manhã e a venda de bebidas alcoólicas após as 23 horas nas conveniências de postos de combustível”, enfoca o prefeito. De acordo com ele, novas operações neste sentido serão deflagradas ao longo do ano. “Oferecendo uma maior segurança ao cidadão de bem”, frisa João Carlos.

Veículos

A parte final da operação conjunta foi reservada para uma atuação direcionada ao Parque Municipal Jaboti, onde 14 veículos foram apreendidos. Entre as infrações estiveram a perturbação da ordem e do sossego, com o uso do som automotivo elevado, falta de documentação e licenciamento atrasado.


“Em diversos pontos da cidade, o Pelotão de Trânsito, com auxílio da Guarda Municipal, também realizou blitz específicas com o intuito de fiscalizar a documentação de veículos e condutores”, informa Aparecido da Paz Camargo, supervisor da GMA. Segundo ele, outros autos de infração e apreensões de veículos (carros e motos) foram registradas.
 

continua após publicidade