Região

Carro é queimado com vítima no porta-malas

Da Redação ·

Mais uma vítima de crimes violentos em Londrina, Norte do Paraná, foi encontrada no domingo (14), dentro de um veículo Corsa incendiado no distrito rural do Espírito Santo (zona sul). A Polícia Militar foi avisada por um morador da região e chegou ao local às 6h50. Dentro do porta-malas do carro, um corpo totalmente carbonizado, "irreconhecível" segundo o delegado de plantão Jaime José de Souza. "Até os vidros derreteram", surpreendeu-se o delegado.

continua após publicidade

Logo pela manhã, parentes do desempregado José Benício da Silva Filho, 34, dono do carro, reconheceram o veículo. Em depoimento, um sobrinho dele afirmou que o tio fez contato pela última vez no sábado perto das 22h30, quando combinaram de se encontrar em um movimentado bar da zona sul da cidade. "No horário combinado, o sobrinho apareceu, mas ele não", afirmou o delegado.

Sem contato pelo celular, a família só teve mais informações sobre o desaparecido com a descoberta do carro carbonizado. "Só um exame de DNA pode confirmar que a vítima é mesmo ele", atestou o delegado. "Temos indícios, mas não a certeza." O dono do carro é solteiro e mora com os pais na Fazenda São Manoel, patrimônio Regina. Familiares também esperam confirmar a identidade da vítima por meio de uma dentadura encontrada no interior do veículo semelhante a que era usada pelo desempregado. "É um caso que realmente chama a atenção. Trata-se de uma pessoa comum que, segundo os familiares, jamais relatou ter sofrido qualquer ameaça", definiu o delegado de plantão. O Instituto Médico Legal (IML) deve coletar material do corpo para análise de DNA nesta segunda-feira.

continua após publicidade