Região

Carro clonado é apreendido em Ivaiporã

Da Redação ·

A delegacia de Ivaiporã prendeu ontem, em uma oficina mecânica, Adeildo Pereira da Silva, 37 anos, com um veículo CrossFox clonado. Os policias desconfiaram do carro, que passava por revisão naquele estabelecimento prestador de serviço. "A partir da numeração da placa, localizamos o veículo legítimo, em Curitiba. Efetuamos a prisão em flagrante, quando o acusado foi buscar o carro na mecânica", explicou o delegado-titular Osnildo Carneiro Lemes.

Adeildo afirmou ter comprado o carro em um feirão da capital, de uma pessoa que não sabe o nome. Ele disse que pagou uma parcela em dinheiro, mas não pegou recibo, e que iria encontrar o vendedor na quarta-feira (10), em uma lanchonete no bairro Pinheirinho, para assumir o resto do financiamento. "É uma história que não faz o menor sentido, já que ninguém compra um carro desse valor dessa forma", afirmou o delegado.

A polícia descobriu ainda que o acusado utilizava um certificado de posse do veículo, cujo documento havia sido furtado da Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito) de Curitiba, além de diversas adulterações ilegais no carro. Além de indiciado por receptação de mercadoria roubada (artigo 180), Adeildo será autuado por uso de documento falso (artigo 304) e adulterações de sinais identificadores de automóvel (artigo 311).

O acusado, junto com seu irmão, José Pereira da Silva, já responde ao processo pelo assassinato do prefeito de Arapuã, ocorrido em 1997. José Pereira era, na época, vice-prefeito e assumiu a Prefeitura por três anos.

continua após publicidade