Região

Chuvas elevam preços de hortigranjeiros na Ceasa

Da Redação ·
Ceasa promove pregões para ocupação de boxes em Londrina e Maringá - Imagem: Arquivo
fonte: metropolejornal.com.br
Ceasa promove pregões para ocupação de boxes em Londrina e Maringá - Imagem: Arquivo

A média ponderada de preços do atacado de hortigranjeiros da Ceasa (Centrais de Abastecimento) Curitiba voltou a apresentar alta. Segundo o comparativo semanal, realizado pela Divisão Técnica e Econômica – Ditec, da Ceasa Paraná, os preços dos 30 principais produtos comercializados tiveram reajuste de 2,88% em relação à semana anterior (31/01).

continua após publicidade

As constantes chuvas dos últimos dias, principalmente no chamado cinturão verde da Região Metropolitana de Curitiba, prejudicaram a colheita, diminuíram a oferta e contribuíram para a alta, informam os técnicos da empresa. O que ajudou a puxar as cotações no atacado foi o preço da couve-flor e do tomate. Também registraram alta abobrinha verde, beterraba, batata-salsa, cenoura, chuchu, pepino salada, vagem macarrão, limão thaiti, manga, melão e ovos.

continua após publicidade

A couve-flor tipo grande está cotada em média a R$ 35 a dúzia – alta de 40% em relação à semana anterior. Conforme a Ditec, foram registradas entradas do produto dos municípios de São José dos Pinhais, Colombo e Araucária. Já o tomate tipo extra 2A está cotado a R$ 45 a caixa com 23 quilos – alta de 18%. Além das safras do produto do município paranaense de Reserva, foram registradas ainda procedências de Santa Catarina e São Paulo.

continua após publicidade

REDUÇÃO – Entre as oito principais baixas estão as da cebola, batata, banana e laranja. A boa oferta destes produtos favorece o consumidor, que deve aproveitar o momento para diversificar a sua dieta alimentar.

A batata comum tipo especial, lavada, está cotada em média a R$ 35 o saco com 50 quilos – baixa de 5,4%. Foi registrada a entrada das safras paranaenses de Contenda, Araucária, Campo Magro, Candói, Guarapuava, e Palmas. Também foram registradas ofertas vindas de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Já a cebola tipo pera nacional está cotada no atacado da Ceasa Curitiba a R$ 10 a saca com 20 quilos – redução de 16,6%. Os principais municípios produtores do produto no Paraná – Campo do Tenente, Campo Largo e Campo Magro, continuam abastecendo o atacado da Ceasa.

continua após publicidade

Entre as frutas o momento é para o aumento do consumo de banana tipo caturra de primeira, cotada em média a R$ 12 a caixa com 22 quilos – redução de 7,6%. As produções de Morretes e Guaratuba, no litoral do Estado, estão sendo consideradas de boa qualidade, e competem com as ofertas vindas de São Paulo e Santa Catarina. O mesmo acontece com a laranja pera, tipo grande, cotada a R$ 25 a caixa com 27 quilos – baixa de 10,7%. O Ditec registrou entrada das safras paranaenses vindas dos municípios de Esperança, Cruzeiro do Sul e Sabáudia, além do estado de São Paulo.