Região

Justiça derruba liminares e garante contratação imediata de professores

Da Redação ·

O Tribunal de Justiça do Paraná acatou, nesta segunda-feira (07), o pedido de reconsideração das liminares que suspendiam a classificação do Processo de Seleção Simplificado (PSS) para os cargos de professor e técnico administrativo. Desta forma, a Secretaria de Estado da Educação mantém a contratação imediata dos profissionais necessários para o início do ano letivo, sem prejuízo aos estudantes da rede púbica estadual.  

continua após publicidade

“Nós mostramos à Justiça a necessidade dessas contratações temporárias para que as crianças do Paraná não fiquem sem aulas”, disse o governador Beto Richa, lembrando que o PSS foi “herdado” pelo atual governo da administração anterior. O governador reafirmou o compromisso de reduzir o número de contratos temporários. “A intenção é contratar professores efetivos por meio de concursos públicos”, afirmou.  

CONVOCAÇÃO – Também nesta segunda-feira, o vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns, informou que o Governo do Estado vai convocar, no mês de março, professores e servidores aprovados no concurso de 2007. De acordo com Arns, esta medida faz parte de um conjunto de ações adotadas para assegurar tranquilidade a alunos, pais e profissionais do magistério na volta às aulas.  

continua após publicidade

“Neste início de ano letivo, quero garantir aos pais de alunos, aos estudantes, professores e servidores da Educação que estamos trabalhando com afinco para que o Paraná tenha uma escola pública de qualidade cada vez melhor, com professores motivados, com um plano de carreira, bons salários e perspectiva”, afirmou Arns.  

Segundo ele, a Secretaria de Educação fará parcerias com empresas públicas, como a Copel e a Sanepar, e com entidades como o Instituto de Engenharia do Paraná para garantir que todas as escolas que necessitam de reparos sejam reformadas: “Nós queremos que as escolas sejam acolhedoras, alegres. Vamos trabalhar com os diretores, com as prefeituras, com a comunidade escolar, com as empresas públicas para fazer essas obras”.  

ABERTURA – De acordo com o secretário, a escolha do município de Ortigueira para a abertura oficial do ano letivo, nesta terça-feira, é uma demonstração do respeito e do compromisso do governo com a educação, especialmente nos municípios de mais baixo Índice de Desenvolvimento Humano. A solenidade, marcada para as 9h30, contará com a presença do governador Beto Richa e da secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, além do secretário Flávio Arns.