Região

Seed suspende Processo de Seleção Simplificado

Da Redação ·

A Secretaria de Estado de Educação (Seed) do Paranádecidiu suspender, na noite desta sexta-feira (4), a classificação e o processo de contratação de professores e técnicos administrativos pelo Processo de Seleção Simplificado (PSS). A confirmação veio em nota oficial, emitida pela própria Secretaria.  

continua após publicidade

Segundo o documento, a Seed afirma que na segunda-feira (7) entrará com um pedido de reconsideração às liminares emitidas pelo Tribunal de Justiça do Paraná. Mesmo com a suspensão, a Secretaria vê necessidade imediata de contratação de professores. Pelo menos 9.500 deles precisam ser contratados para que o início das aulas, na próxima segunda-feira, não seja prejudicado.  

O processo virou motivo de polêmica nesta semana e foi muito criticado pelos próprios professores. A queixa da categoria é que profissionais recém-contratados e recém-formados seriam imediatamete equiparados aos que têm mais qualificação e mais tempo de carreira. Segundo a presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Paraná (APP-Sindicato), Marlei de Carvalho, a medida traz justiça para a educação no Paraná.  

continua após publicidade

A nota oficial:  

"A Secretaria de Estado da Educação (Seed) fará, na segunda-feira, dia 7, um pedido de reconsideração das liminares emitidas pelo Tribunal de Justiça do Paraná que suspendem a classificação do Processo de Seleção Simplificado (PSS) para os cargos de professor e técnico administrativo.  

A Secretaria reitera que necessita da contratação imediata de no mínimo 9.500 professores para iniciar o ano letivo de 2011 na terça-feira, dia 8, sem prejuízo algum para os estudantes atendidos pela rede estadual de ensino.  

continua após publicidade

A Secretaria ressalta que os editais que regem o PSS foram construídos pela gestão anterior do governo do Estado.  

A Seed ainda destaca que tomou todas as ações possíveis para realizar contratações de professores antes do início do ano letivo e trabalha para tornar mais estável o quadro de servidores da educação.  

A meta da nova gestão da Secretaria é contratar professores efetivos aprovados no concurso público de 2007, com validade até março de 2012".