Região

Carnês do IPTU começam a ser enviados a partir de terça-feira

Da Redação ·
 Contribuinte que não receber o carnê pelo Correios deve ir até a prefeitura  e retirar  pessoalmente
fonte: Edson Denobi/Prefeitura de Apucarana
Contribuinte que não receber o carnê pelo Correios deve ir até a prefeitura e retirar pessoalmente

A diretoria geral de Tributação da Secretaria da Fazenda da Prefeitura de Apucarana estima que a partir desta próxima terça-feira (08) já estará remetendo pelo correio a remessa 2011 do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). “Com o lote de carnês chegando, procederemos a separação e posterior encaminhamento aos contribuintes”, relata Maria Dulce Pereira Lima Deneca, diretora municipal.


De acordo com ela, aqueles com endereço desatualizado junto ao município e os proprietários de lotes, deverão retirar o carnê pessoalmente em guichê especial montado na sede da Codap (ao lado da prefeitura), a partir da quarta-feira (09). “Para facilitar o atendimento, importante que que a pessoa traga o carnê do ano passado. Na falta do mesmo, pode ser a escritura ou contrato de compra e venda, onde contenha a inscrição cadastral do imóvel”, orienta Dulce.

Para este exercício, o imposto foi lançado para cerca de 43 mil imóveis. O valor global é de quase R$9 milhões. “A nossa expectativa é receber entre 30% e 40% deste montante à vista”, esclarece a diretora. Tanto para quem desejar pagar à vista e receber o desconto de 10%, ou parcelar, a data do vencimento é para o dia 10 de março.


Pela internet - O portal da Prefeitura de Apucarana na internet – www.apucarana.pr.gov.br -, oferece um canal de serviços online, ainda pouco explorado pelo cidadão. “De qualquer computador conectado, o contribuinte preenche um rápido cadastro – escolhendo um login e senha – e pode consultar seus débitos e emitir certidões, sem ter que ir pessoalmente ao prédio central e enfrentar filas”, informa o prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB). É a prefeitura 24 horas, onde mesmo sem cadastro, por exemplo, apenas com dados como CPF ou inscrição cadastral do imóvel, a pessoa pode imprimir o carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). “É um serviço muito útil para quem necessita de uma segunda via ou para aqueles com endereço incompleto, cujos carnês não vão chegar pelo correio. O mesmo canal “Serviços Online”, também é útil a cartórios, escritórios contábeis, empresas diversas, gráficas, instituições financeiras, condomínios e até mesmo a outros órgãos públicos”, conclui o prefeito.
 

continua após publicidade