Região

Óleo de fritura vai virar biodiesel em Apucarana

Da Redação ·
 Solenidade reuniu representantes de parceiros da iniciativa
fonte: Edson Denobi
Solenidade reuniu representantes de parceiros da iniciativa

Dentro da programação em comemoração aos 67 anos de Apucarana, o prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB) realizou nesta quinta-feira (27), em ato no gabinete municipal, o lançamento oficial do projeto “Biodiesel Cidade Alta”. O termo de parceria - inédita no Vale do Ivaí - foi assinado entre a Prefeitura de Apucarana, campus Apucarana da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e Quimicamil Indústria, Comércio Importação e Exportação de Produtos Químicos Ltda. A meta é produzir biodiesel a partir do óleo de fritura, utilizando o produto “made in Apucarana” para abastecer a frota de veículos e máquinas municipais.

continua após publicidade

O total fabricado será divido em partes iguais pelos parceiros. “Este é um projeto significativo, pois transforma um resíduo extremamente agressor do meio ambiente, quando incorretamente destinado, em resíduo gerador de energia”, assinalou João Carlos. Pesquisas revelam que um litro de óleo de fritura tem o poder de contaminar até um milhão de litros de água. “Não tenho dúvidas de que com esta iniciativa Apucarana vai fazer história. Aqui fomentamos o desenvolvimento com preservação ambiental”, destacou o prefeito, fazendo menção à outras campanhas de arrecadação e destinação correta de resíduos tóxicos e poluidores encabeçados pela prefeitura (pneus, lâmpadas fluorescentes, pilhas, baterias, vidro, papel, plástico, etc).

continua após publicidade

Para a obtenção da matéria-prima (óleo de fritura), o Projeto Biodiesel Cidade Alta, de Apucarana, contará com o apoio de grandes geradores como: restaurantes, lanchonetes, hotéis, bem como dos estudantes e das donas de casa, que terão ecopontos para o descarte correto do resíduo, especialmente instalados em escolas e prédios públicos. “Se não for em parceria, este tipo de projeto fica inviável. Assinamos hoje um contrato histórico. Há por aí experiências e projetos pilotos, mas nada como está sendo iniciado em Apucarana”, assinalou João Batista Beltrame (Joba), secretário Municipal de Meio Ambiente. A intenção é que a produção em larga escala do biocombustível tenha início em março, mas o município já desafiou os parceiros a apresentar à cidade, até o final da próxima semana, um veículo municipal circulando com a novidade.

continua após publicidade

Mediante a parceria, a UTFPR entra com o suporte técnico e com a linha de pesquisa, enquanto a empresa com os equipamentos. Já a prefeitura com a logística necessária para conseguir o óleo de cozinha usado. “Estamos realizando um sonho que teve início há um ano. Uma responsabilidade muito grande, mas que certamente trará benefícios muito grandes para o meio ambiente e todos nós”, analisou Sueli Lenharo, sócia-proprietária da Quimicamil.

Mensalmente, a frota municipal consome cerca de 30 mil litros de óleo diesel derivado do petróleo. “A produção dependerá de como será a coleta. Queremos toda nossa frota funcionando com o biodiesel de óleo de fritura, por isso esperamos comprar também a cota de nossos parceiros”, destacou o prefeito João Carlos. A partir desta confimação, o sistema gerará também economia para a municipalidade, uma vez que o custo da produção inovadora não deve ultrapassar R$1 (um real) o litro, enquanto no mercado o diesel já é vendido acima de R$2 (dois reais) em alguns estabelecimentos. “Mas conforme já implícito, o grande lucro deste projeto é exatamente tirar de circulação, dar destinação útil a um produto que poderia poluir a natureza”, concluiu o prefeito João Carlos.

continua após publicidade

Presente na solenidade, o diretor do campus Apucarana da UTFPR, Aloysio Gomes de Souza Filho, disse que a instituição também encara o projeto como um desafio. “Servirá sobretudo como pesquisa e desenvolvimento acadêmico de nossos alunos. Espero que seja um sucesso, uma ação transformadora para o meio ambiente”, disse.

continua após publicidade


Além de convidados, a solenidade que oficializou a parceria para produção de biodiesel a partir do óleo de fritura, também foi prestigiada pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Alcides Ramos Júnior e pelo representante dos grandes geradores, empresário César Vidor.

Serviço

Outras informações sobre a iniciativa podem ser obtidas na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo (Sematur), pelo 3424-2633 ou 3423-0142.