Região

Policial comete ato extremo em Cambira

Da Redação ·
 Aguinaldo José Assolari, de 39 anos, colocou fim à própria vida atirando contra a cabeça
fonte: Reprodução
Aguinaldo José Assolari, de 39 anos, colocou fim à própria vida atirando contra a cabeça

Um fato ocorrido na tarde de sexta-feira (21), em residência na Avenida Brasil, no centro de Cambira, deixou o 10º Batalhão da Polícia Militar de luto. De acordo com o comando da corporação, o soldado Aguinaldo José Assolari, de 39 anos, colocou fim à própria vida atirando contra a cabeça.

continua após publicidade

Ele segurava uma pistola .40 quando seu corpo foi encontrado num quarto. Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo para exame de necropsia.

continua após publicidade

Aguinaldo José Assolari estava lotado no destacamento da PM de Cambira, mas cobria férias de outro policial em Kaloré. O PM era muito conhecido no meio policial do Vale do Ivaí.