Região

Novo delegado chefe da 17ª SDP determina combate intensivo ao tráfico

Da Redação ·
Delegado Valdir Abrahão discursa na 17ª SDP observado pelo prefeito de Apucarana, João Carlos de Oliveira, por seu antecessor, Gabriel Junqueira, e pelo vice-prefeito Antônio Waldemar Garcia: boa recepção
fonte: André Henrique Veronez
Delegado Valdir Abrahão discursa na 17ª SDP observado pelo prefeito de Apucarana, João Carlos de Oliveira, por seu antecessor, Gabriel Junqueira, e pelo vice-prefeito Antônio Waldemar Garcia: boa recepção

Com a presença de autoridades civis, militares e religiosas, além de representantes de entidades, clubes de serviço, empresários, políticos e uma ong, o delegado Valdir Abrahão da Silva tomou posse na chefia da 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana. A solenidade aconteceu nesta semana, na sede da 17ª SDP. Abrahão estava à frente da Delegacia de Cambé há sete anos

continua após publicidade

Ele substitui a Gabriel Marcelo Botelho Junqueira Filho, que estava na chefia da 17ª SDP há três anos.

continua após publicidade

Agradecimento - Gabriel Junqueira agradeceu a acolhida recebida da população de Apucarana e o trabalho prestado pelo pessoal da 17ª SDP. Ele ainda destacou a parceria com imprensa, Polícia Militar, Guarda Municipal, Ministério Público e Judiciário. "Eu só tenho a agradecer e deixo a chefia da 17ª SDP com a consciência do dever cumprido. O serviço público é assim mesmo", disse o delegado.

continua após publicidade


Operacionalidade contra o tráfico - Valdir Abrahão reiterou oque pretende intensificar o ritmo operacional da Polícia Civil em Apucarana e região, com prioridade para o combate ao tráfico de drogas. "O tóxico está na base da pirâmide da criminalidade, da qual derivam crimes diversos, como homicídios, receptação, furtos e formação de quadrilha. Por isso é importante dar um combate intensivo e fetivo a esse tipo de atividade criminosa", frisou o novo delegado-chefe de Apucarana.

Casa de Custódia - Sobre a os problemas estruturais e superlotação no minipresídio, Valdir Abrahão adaintou que é favor da construção de uma Casa de Custódia para acabar com a precariedade. "No atual sistema, policiais deixam de investigar para fazer escoltas, vigilância e guarda de presos. Com uma Casa de Custódia, receberíamos apenas detentos ainda não condenados e só da região", explicou o delegado.

continua após publicidade

Área - A 17ª SDP tem 26 municípios do Vale do Ivaí em sua área jurisdicional.
 

continua após publicidade

Na sede, em Apucarana trabalham hoje cerca de 25 pessoas, entre delegados, investigadores, escrivães e prestadores de serviço.

Currículo- O delegado Valdir Abrahão lembra que está há quase 32 anos prestando
serviços na área de segurança pública, destes 17 anos como delegado de
polícia. “Comecei com bombeiro, em 20 de julho de 1980. Em 1994, após
concluir Direito, passei no concurso para delegado e assumi na cidade
de Uraí, depois passei por Londrina, Arapongas e estava há sete anos em Cambé”,
conta.

De acordo com o nove delegado-chefe da 17ª SDP, Apucarana lhe traz uma lembrança emblemática no tocante à sua carreira como delegado.

“Em 2002, fui designado pela Divisão Policial do Interior (DPI) para trabalhar especialmente no caso do assassinato do acadêmico de Direito Anderson Gomes Ferreira, que foi morto a tiro há dois anos, na época. Apreendemos o revólver utilizado no crime com um comerciante e prendemos os dois autores, isso em apenas duas semanas de trabalho”, afirma Abrahão com orgulho.