Região

Fernandinho Beira Mar está de volta a Catanduvas

Da Redação ·

O preso número 001 da Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Catanduvas (no Oeste paranaense), Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira Mar, está de volta. Ele foi transferido da Penitenciária Federal de Campo Grande nesta tarde de sábado (18). Beira Mar estava em Campo Grande desde 2007, quando foi transferido do Paraná dentro do rodízio que o sistema federal propôs para os presos de alta periculosidade. Conforme o Departamento Penitenciário Federal, nenhum preso perigoso deveria ficar numa unidade por mais de um ano.
 

continua após publicidade

Em Catanduvas, que fica a menos de 50 km de Cascavel, Beira Mar teve o estatus de ser o primeiro preso a ser levado para lá. Depois dele chegaram criminosos acusados de comandar ataques em São Paulo. O Depen não divulgou informações sobre o porque da transferência nem por quanto tempo o traficante deve ficar em Catanduvas.
 

O Depen mantém outras duas penitenciárias federais no País, além de Catanduvas e Campo Grande, em Mossoró (RN) e Porto Velho (RO). Uma unidade em Brasília está para ser entregue.