Região

Fecea pode assumir cursos da Faced

Da Redação ·
Faced pode ter cursos agregados à Fecea
fonte: Sérgio Rodrigo
Faced pode ter cursos agregados à Fecea

A crise financeira enfrentada pela Prefeitura de Apucarana pode levar a Faculdade Estadual de Ciências Econômicas de Apucarana (Fecea) a incorporar os cursos da Faculdade Apucarana Cidade Educação (Faced), mantida pelo município. Em entrevista à Tribuna, o prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB) disse na quinta-feira que esta é uma alternativa já em estudo pela administração para evitar que as graduações da instituição sejam fechadas.

continua após publicidade

No mês passado, o vestibular de verão da Faced já havia sido transferido para julho de 2011 como forma de contenção de gastos. “Estamos dispostos a negociar com o Estado para que não haja descontinuação dos cursos oferecidos”, afirma. Ele explica que a Prefeitura está tentando viabilizar a manutenção da faculdade, seja através de um orçamento próprio ou de parcerias com instituições para as quais possa haver uma prestação de serviços.

Segundo Oliveira, a proposta dos acadêmicos de contribuir mensalmente com a faculdade também não poderá ser aceita. “Isso é proibido e não queremos nos livrar de um problema arrumando outro”, salienta.

continua após publicidade

A vice-presidente do diretório acadêmico da Faced, Sheila Nascimento, observa que o processo de incorporação dos cursos de Letras, Pedagogia e Filosofia da faculdade pela Fecea é visto com receio pela comunidade estudantil. “Os alunos acreditam que levar o nome da Fecea seja bom. Mas, há o problema dos professores, que não seriam incluídos nesta estadualização, ficando sem emprego”.

O diretor da Fecea, Rogério Ribeiro, aponta que a instituição está aberta a negociações. A proposta, segundo ele, chegou a ser cogitada durante as discussões para a criação da Universidade do Vale do Ivaí (Univaí), quando a faculdade precisaria oferecer um leque maior de graduações. Agora, com a inclusão da Fecea na Universidade Estadual do Paraná (UEPR), a questão dependeria de aprovação da reitoria. “Temos interesse em aceitar novos cursos, mas temos que avaliar as condições. A decisão não é nossa, mas do Governo do Estado”, analisa.

continua após publicidade

Fevereiro sem vestibular

Sem poder aceitar a contribuição de R$ 20 mensais oferecida pelos estudantes da Faculdade Apucarana Cidade Educação (Faced), a Prefeitura de Apucarana já descartou antecipar o vestibular da instituição para fevereiro. Agora, o objetivo, conforme o prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB), é tentar realizar o processo seletivo agendado para julho. “Queremos fazer o vestibular mesmo que ofertando menos vagas”, sustenta.

A vice-presidente do diretório acadêmico da faculdade, Sheila Nascimento, afirma que iniciará uma busca por fundações que possam ajudar Faced a atravessar este período de crise. “Queremos que a faculdade continue conosco”, diz.

continua após publicidade

Criada no final de 2008, a Faced oferece três cursos de graduação para cerca de 300 alunos. Vinte e cinco professores trabalham na instituição. De acordo com a Prefeitura, o orçamento anual da faculdade está estimado em R$ 450 mil.

Um levantamento do Ministério da Educação (MEC) aponta que, de 2.252 instituições de ensino superior espalhadas pelo País, apenas 61 são mantidas por municípios. l A.L.