Região

Conselho aprova Matemática na Fecea

Da Redação ·

O Conselho Estadual de Educação (CEE) emitiu parecer favorável à abertura do curso de licenciatura em Matemática na Faculdade Estadual de Ciências Econômicas de Apucarana (Fecea). A instituição apresentou a proposta no início do mês de agosto. Com a decisão do órgão, que chegou ao conhecimento da faculdade nesta semana, caberá ao governador Orlando Pessuti (PMDB) autorizar o funcionamento do curso. A intenção da faculdade é realizar um vestibular especial no começo de 2011.

continua após publicidade


O professor Rogério Ribeiro, diretor da instituição, explica que a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) encaminhará o parecer à Casa Civil para que Pessuti proceda a assinatura do decreto. “A nossa expectativa é de que o governador autorize o funcionamento do curso ainda neste ano. Se tudo correr como esperamos, a intenção é realizar um vestibular especial para a seleção dos candidatos ao curso de licenciatura em Matemática no mês de janeiro ou início de fevereiro, possibilitando que os estudantes desse novo curso possam iniciar o ano letivo com os demais acadêmicos da faculdade”, assinala. O ano letivo de 2011 está previsto para começar no dia 21 de fevereiro.


A proposta aprovada pelo Conselho de Educação prevê um remanejamento nos cursos da Fecea, com a redução de 50 vagas do Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior diurno e a alocação dessas vagas para Matemática.

continua após publicidade


Ribeiro explica que a Fecea já tinha a informação de que o parecer do CEE era favorável, mas aguardava a oficialização. O novo curso terá, portanto, 50 vagas anuais no período noturno, com duração de quatro anos.

continua após publicidade

Carência de professores


O professor Rogério Ribeiro, diretor da Faculdade Estadual de Ciências Econômicas de Apucarana (Fecea), comemora a aprovação do curso de licenciatura em Matemática. Segundo ele, há uma carência muito grande na formação de professores na área de exatas. “A questão pedagógica, que competia a Fecea, foi superada. Agora, esperamos com expectativa a autorização de funcionamento do curso por parte do governador Orlando Pessuti”, afirma.

continua após publicidade


Segundo ele, o curso de Matemática representa uma grande conquista para a faculdade. “Dentro do objetivo de transformar a Fecea em uma universidade, a nossa proposta é diversificar a oferta de cursos. A opção por licenciatura em Matemática foi amplamente discutida no âmbito da faculdade. Há uma carência na formação de professores nessa área e, na nossa região, essa demanda passará a ser atendida pela Fecea no ano que vem”, afirma.


Com a aprovação de Matemática, a Fecea contará com nove cursos: Administração, Economia, Ciências Contábeis, Turismo, Secretariado, Serviço Social, Gestão Pública e Comércio Exterior.


A matriz curricular já foi apresentada no projeto enviado ao órgão. O diretor afirma que a faculdade tem professores disponíveis para iniciar o período letivo.


Com a mudança, o Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior terá reduzida a oferta de 100 para 50 vagas. Segundo Ribeiro, a mudança teve como objetivo aumentar o número de cursos da faculdade e também suprir uma carência na formação de professores na área de exatas.