Região

Procon de Rolândia orienta para compras de fim de ano

Da Redação ·

Mês de dezembro, comércio movimentado, Natal e problemas com as compras. Tendo em vista a tradição de se presentear os familiares e amigos, vantagens aos consumidores, podem significar uma grande dor de cabeça. Pensando nisso o Procon de Rolândia apresenta algumas considerações na prevenção das relações de consumo consciente neste Natal.

continua após publicidade

É verificado pelo órgão que neste mês, os índices de maiores reclamações são sempre referente à garantia e a cobranças indevidas, de modo que os consumidores devem estar atentos e exigir o preenchimento do termo de garantia no ato da compra, a nota fiscal e a cópia do contrato.

continua após publicidade

Em razão da grande procura por presentes, é possível que haja uma significativa diferença entre os preços de revenda de um mesmo produto em diferentes estabelecimentos.

continua após publicidade

O coordenador do Proncon na cidade, Tiago Fabri, orienta os consumidores a ficarem atentos. “As pessoas devem ter cuidado com ofertas extremamente atrativas, devem se proteger contra eventuais publicidades enganosas, orienta-se sempre a guardar as ofertas ou mensagens publicitárias e a pedir a oferta ou proposta por escrito e assinada. Desta forma o consumidor pode evitar problemas na troca ou na forma de pagamento”, afirmou Tiago.

É importante lembrar que as lojas não estão obrigadas a trocar o produto que não apresente vicio ou defeito. No entanto, nos casos em que seja oferecida esta possibilidade pelo fornecedor, é recomendável que o consumidor solicite a informação também por escrito em um recibo, ou mesmo na nota fiscal.

continua após publicidade

Quanto aos enfeites natalinos principalmente aos itens de iluminação, recomenda-se ao consumidor que verifique a sua procedência, voltagem e condições de garantia para uma aquisição segura.

Adotando estas medidas o consumidor preserva seus direitos e garante uma data comemorativa tranquila.