Região

Cidadania Responsável promove 49 casamentos

Da Redação ·
Programa social reuniu 49 casais em Apucarana
fonte: André Henrique Veronez
Programa social reuniu 49 casais em Apucarana

Foi ao som da marcha nupcial, tocada pela Banda Municipal, que 49 casais inscritos na 7ª edição do programa social Cidadania Responsável, se casaram no sábado, em Apucarana. A cerimônia no civil, que teve como padrinhos o prefeito João Carlos de Oliveira (PMDB) e o vice-prefeito Waldemar Garcia (PSBD), ambos com suas esposas, aconteceu no anfiteatro do Colégio Estadual Antônio dos Três Reis de Oliveira, no Núcleo Habitacional Djalma Mendes.

continua após publicidade


A costureira Maria José de Lima, de 33 anos, pôde, através da iniciativa, oficializar a união com o companheiro Nelson de Jesus, 35. “Mesmo estando juntos há 13 anos, casar sempre foi um sonho para mim”, relata.


Para o marceneiro Vilson Quevedo, 42, o casamento coletivo também foi a oportunidade encontrada para tornar legal o relacionamento de cinco anos com a esposa, Rosane. “Esse tipo de ação é importante para ajudar as pessoas”, diz.

continua após publicidade


O promotor da Vara da Família, Infância e Juventude da Comarca de Apucarana, Gustavo Marinho, salienta que a legalização da união matrimonial é o primeiro passo para a estruturação familiar.


“Muitos dos marginais que temos visto não tiveram uma família estruturada. O casamento é o pilar da família. Sem ele, as famílias podem se dissolver com mais facilidade”, argumenta.


Além do casamento civil, o Cidadania Responsável ofereceu serviços gratuitos de emissão de documentos, realização de divórcios, cortes de cabelo e exames de diabetes e do vírus HIV, além de avaliações físicas. A estimativa era que mais de 700 pessoas fossem atendidas até o final do dia.

continua após publicidade


“Quando as lideranças têm a preocupação de realizar e produzir para o bem comum, se juntam para atender as demandas da comunidade. Essas ações vem beneficiando muitas pessoas, que agora podem se apresentar como cidadãs”, avalia o prefeito de Apucarana, João Carlos de Oliveira (PMDB).


O programa social foi realizado pelo Poder Judiciário da Comarca de Apucarana, em parceria com a Prefeitura, Serviço Social do Comércio (Sesc), Ministério Público, Jeep Clube, Fecea e Facnopar.