Região

Câmara discute Univaí e penitenciária com Justus

Da Redação ·
  Júnior da Femac, Val, Alcides Ramos, Nelson Justus, Marquinhos, Lucimar Scarpelini e Deco, em Curitiba
fonte: Divulgação
Júnior da Femac, Val, Alcides Ramos, Nelson Justus, Marquinhos, Lucimar Scarpelini e Deco, em Curitiba

Uma comitiva formada por seis vereadores de Apucarana esteve em Curitiba na quarta-feira (01), onde se reuniu com o presidente da Assembléia Legislativa, Nelson Justus (DEM).

continua após publicidade


O grupo tratou sobre o projeto que cria a Universidade do Vale do Ivaí (Univaí), aproveitando que Justus está assumindo interinamente o governo do Paraná nesta quinta-feira, em função da viagem de Orlando Pessuti a Cancún, no México. Justus fica no governo até o dia 9. “Nós pedimos a ele que olhe com carinho para a questão da Univaí, cujo projeto está na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia”, informou Júnior da Femac (PDT).

continua após publicidade


Justus informou que vai se empenhar para que a matéria tramite o quanto antes, destacando os apelos que recebeu nos últimos meses, dos mais diversos segmentos, em favor da criação da Univaí.

continua após publicidade

O vereador Aldivino Marques, o “Val” (PSC), aproveitou para falar com Justus sobre a proposta da construção de uma penitenciária em Apucarana e as audiências públicas em andamento na Câmara, pedindo apoio para que o diálogo em torno do assunto não fique restrito ao governo que está saindo, mas também seja ampliado com o governo de Beto Richa. “Não adianta fazermos acordos com o governo que se encerra em menos de 30 dias, cobrando contrapartidas para aceitarmos uma unidade prisional, se o governo que vai tomar posse no dia 1º. de janeiro alegar depois que o atendimento desses pedidos é impossível”, assinalou Val.


Justus colocou-se à disposição para ajudar no diálogo entre os vereadores e o governo Beto Richa e sugeriu uma reunião para a próxima semana. “Vocês têm aqui um parceiro para ajudar, seja qual for a decisão do município”, afirmou Nelson Justus. Mais votado em Apucarana entre os deputados estaduais eleitos, ele deverá ter o mando político no município durante o governo Beto Richa. Ele acredita que até a próxima semana Richa também deverá ter anunciado o nome do novo secretário de Segurança Pública.

continua após publicidade

Independente disso, a Câmara também já está mantendo os primeiros contatos com a equipe de transição do novo governo. Em função da viagem a Curitiba, os vereadores cancelaram visita que fariam à penitenciária de Guarapuava, o que deve ocorrer em outra data.


Também fizeram parte da comitiva, que esteve ainda no Tribunal de Contas, os vereadores Marcos Antônio Martins (PTC), Alcides Ramos (DEM), Lucimar Scarpelini (PP) e José Airton Araújo, o “Deco” (PR).