Região

PM recaptura fugitivo do minipresídio de Apucarana

Da Redação ·
 Os nove presos aproveitaram o barulho da chuva para consumar o plano de fuga, afirmou o sargento Heleno Antônio da Silva
fonte: Arquivo TN
Os nove presos aproveitaram o barulho da chuva para consumar o plano de fuga, afirmou o sargento Heleno Antônio da Silva

* Observação - matéria foi postada em 23/11/2010.

continua após publicidade

A Polícia Militar (PM) de Apucarana confirmou que recapturou ontem (23) mais um dos nove fugitivos do minipresídio de Apucarana que ganharam a liberdade forçada na madrugada de 23 de novembro. Trata-se de Fernando de Oliveira, de 26 anos, que responde pelo crime de roubo. Fernando é o segundo detento recapturado após a fuga,  através de denúncia anônima pelofone 08006431161. Ele estava na residência número 48 da Rua Rio das Antas, no Núcleo João Paulo, na região Oeste de Apucarana. Equipes da Rádio Patrulha e do Serviço Reservado (P2) realizaram a recaptura.

continua após publicidade

No dia 12 de dezembro a PM recpaturou Edenilson Aparecido Lopes, de 23 anos. Ele estava na Rua Belo Horizonte, 622, no Jardim Mercadante (região Norte da cidade). Edenílson responde pelo crime de tráfico de drogas. Os outros oito evadidos, considerados pela polícia como de alta periculosidade, continuam à solta (ver quado no final da matéria).

Veja a matéria em vídeo no link: http://www.youtube.com/watch?v=pOG_ADpnBME

continua após publicidade

A FUGA - Na madrugada de 23 de novembro, nove presos se evadiram do minipresídio de Apucarana através de um túnel.  De acordo com a equipe da guarda, os presos estouraram cadeados e depois usaram um túnel cavado em setembro em local que estava isolado e ganharam a liberdade forçada. .

"O túnel foi cavado com saída ao lado da 17ª Subdivisão Policial (SDP) e cerca de quatro metros de extensão. Os presos aproveitaram o barulho da chuva durante a madrugada para consumar o plano de fuga", afirmou o sargento Heleno Antônio da Silva, chefe da equipe de guardas da PM no minipresídio de Apucarana. Ele ressaltou que só neste ano a polícia já frustrou quatro tentativas de fuga da unidade carcerária.

continua após publicidade

Um detalhe chama a atenção e intriga a polícia: em frente e nos fundos do minipresídio de Apucarana estão instaladas câmeras do sistema público de monitoramento eletrônico.

continua após publicidade

PENITENCIÁRIA - A fuga de detentos ocorreu num momento em que é amplamente discutida pela sociedade local a construção de uma penitenciária em Apucarana. Sobre a evasão ocorrida em 23 de novembro a polícia revelou outro detalhe importante.No dia 28 de setembro deste ano a equipe de guarda descobriu um túnel em cela do minipresídio e evitou fuga de presos, mas o túnel não teria sido fechado totalmente e a cela acabou interditada (desocupada) em razão de obras na rede de esgoto e para conter infiltração. "Os presos saíram da cela onde estavam e foram até o local da escavação feita em setembro e a abriram novamente. Em seguida saíram ao lado da 17ª SDP, pularam muro e depois ganharam a liberdade forçada pela Rua Nova Ukrânia", detalhou o sargento Heleno.

continua após publicidade

SUPERLOTAÇÃO - O minipresídio de Apucarana tem 1417 metros quadrados de área construída e capacidade para 80 detentos, mas no momento da fuga 188 homens estavam encarcerados na unidade prisional, 67 deles já condenados e que deveriam cumprir suas penas em penitenciárias do Estado.

VEREADORES e JUIZ - Nove dos 11 veradores de Apucarana e juiz titular da Vara Criminal da Comarca de Apucarana estiveram no minipresídio para acompanhar a recontagem dos presos após a fuga.

continua após publicidade

RELAÇÃO DOS FUGITIVOS

continua após publicidade

Anderson Alexandre dos Santos - preso por roubo

André Carlos dos Santos - homicídio e roubo

Alex Gomes Macedo Shultz - roubo

Edenílson Apaecido Lopes - tráfico de drogas

Alessandro Martiniano dos Santos - roubo

Paulo Roberto dos Santos - tráfico de drogas

Clayton Fernando da Costa - roubo

Valter Ferreira - tráfico de drogas