Região

Vítima de suposto latrocínio em Arapongas é localizada em Apucarana

Da Redação ·
 O corpo da vítima de Arapongas foi necropsiado no IML de Apucarana
fonte: Delair Garcia
O corpo da vítima de Arapongas foi necropsiado no IML de Apucarana

Um casal residente no Estado de Santa Catarina foi feito refém por dois bandidos na madrugada de ontem (18), na Rua Rouxinol, em Arapongas, e o homem, identificado como Cristiano Niedzielsk, 34, acabou executado com um tiro na cabeça e desovado em Apucarana.

continua após publicidade

O corpo da suposta vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) foi localizado próximo à Fazenda Floresta, em estrada vicinal na região do Contorno Norte, na zona rural de Apucarana, nas cercanias do Centro de Tradições Gaúchas (CTG). 

continua após publicidade

Nilcéia Aparecida Machado, de 36 anos, foi deixada amarrada no local. Ela entrou em estado de choque e foi encaminhada ao Pronto Atendimento Municipal (PAM) para receber atendimento médico e na sequência à 17ª Subdivisão Policial (SDP), mas não teve condições de prestar depoimento formal em razão do abalo emocional.

continua após publicidade

A bolsa com documentos que ela teve roubada foi localizada na manhã desta quinta-feira, na Estrada Velha que liga Cambira a Jandaia do Sul.

O casal visitava familiares em Arapongas quando acabou rendido pelos criminosos que, conforme a mulher, aparentavam ser menores.

continua após publicidade

O veículo Fiat Punto ABR-1406, de Arapongas, de proriedade das vítimas, foi roubado pelos ladrões.

continua após publicidade

O fato mobilizou toda a rede policial da região.

continua após publicidade

O FATO - Nilcéia Aparecida Machado relatou à polícia que estava junto com seu namorado, Cristiano Niedzielski, na Rua Roxinal, em Arapongas, no interior do seu veiculo Fiat modelo Punto preto, placas AVR 1406, de Arapongas, quando o casal acabou abordado por dois ladrões que anunciaram o roubo, levando o veiculo com as vitimas para Apucarana.  Nilcéia foi amarrada e deixada no local junto com seu namorado.

Na estrada vicinal em Apucarana a polícia localizou o corpo de Cristiano com uma perfuração de projétil na altura do pescoço, abaixo da nuca.

continua após publicidade

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Apucarana para exame de necropsia. 
 

A Polícia Civil realizou levantamento no local onde o corpo de Cristiano foi localizado e instaurou inquérito para apurar a autoria do crime.

AMARRADA - O investigador Manoel Nocchi contou que a mulher estava desesperada.

"Ela foi amarrada com uma blusa e o fio de um carregador de telefone celular e detalhou que Cristiano acabou baleado em Arapongas, quano tentava argumentar com os ladrões para que não roubassem o veículo", informou Nocchi.