Região

Moradores reclamam de descaso em rua na região Sul

Da Redação ·
 Motoristas reclamam que a falta do asfalto torna quase impossível trafegar por alguns pontos do bairro
fonte: Sérgio Rodrigo
Motoristas reclamam que a falta do asfalto torna quase impossível trafegar por alguns pontos do bairro

Moradores da Rua João Orlando, na Vila Bruna, na região Sul de Apucarana, pedem ajuda aos órgãos públicos municipais para que resolvam os problemas provocados por entulhos e asfalto da região.

continua após publicidade


O local fica próximo à nascente do Parque Biguaçú e segundo moradores o ambiente deveria ser valorizado e utilizado como área de lazer, mas hoje encontra-se totalmente abandonado servindo como um verdadeiro depósito de lixo.


Entre a mata é possível localizar entulhos de diversos tipos: móveis estragados, roupas rasgadas, vasos sanitários, colchões, sofás além de pneus, inservíveis eletrônicos e outros. A nascente do Parque Biguaçú também já foi parcialmente tomada por entulhos de materiais de construção.

continua após publicidade


Morador no bairro,o professor Renato da Rocha diz que é difícil conviver com o problema diariamente. “Nós temos medo do acúmulo de lixo no local, com tantas garrafas e lixos que acumulam água, logo pode facilmente criar larvas do mosquito aedes aegypti e transmitir dengue para os moradores”, ressalta Rocha.


Para as pessoas que moram no bairro, a Prefeitura deveria colocar placas proibindo o despejo de entulhos no local, além de intensificar a fiscalização e a punição para quem transgredir a lei.


Como se não bastasse a sujeira do local, motoristas que precisam transitar na região também reclamam que a falta do asfalto torna quase impossível trafegar por alguns pontos do bairro, principalmente em dias de chuva.

continua após publicidade

Utilizando placas, moradores até renomearam a rua João Orlando para “A Rua do Descaso” como forma de protesto para cobrar da Prefeitura melhores condições de pavimentação para o loteamento.


Procurada pela Tribuna, a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana informou que há previsão de limpeza no local para o mês de novembro. Já a pavimentação da rua João Orlando deverá acontecer apenas no início do ano que vem.