Serviços não essenciais continuam fechados mais uma semana, em Ivaiporã - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Região

Serviços não essenciais continuam fechados mais uma semana, em Ivaiporã

Foto por
Escrito por Assessoria Imprensa Ivaiporã
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Após 2 horas de reunião, a Prefeitura de Ivaiporã, 22ª Regional de Saúde, Acisi (Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Ivaiporã) e a Promotoria de Justiça decidiram manter os serviços não essenciais fechados, por mais uma semana, em decorrência da pandemia do coronavírus (Covid-19), e o isolamento social.

Além disso, ficou definido o retorno ao debate das medidas impostas aos serviços não essenciais, na sexta-feira, acontecerá dia 3 de abril, às 14h00, quando algumas regras poderão ser recuadas ou reforçadas.

A decisão em manter os serviços não essenciais fechados foi tomada após exposição de dados apresentados pelo Departamento Municipal de Saúde, por meio do Centro de Operações de Emergência, e recomendações da 22ª Regional de Saúde, cujos órgãos de embasaram em dados estatísticos de avanço da pandemia do coronavírus (Covid-19) no Estado do Paraná.

O Departamento Municipal de Saúde informou que constam 26 casos notificados, 24 casos em investigação, 2 hospitalizados e 2 descartados, e segue aguardando as análises do Lacen (Laboratório Central do Paraná), que é vinculado à Secretaria de Saúde do Estado.

Conforme a equipe de saúde o isolamento social se justifica baseado nos resultados obtidos na China e Coreia do Sul, pelas recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), capacidade de transmissão e por sobrecarga dos serviços de saúde. Os dados foram explicados pelo enfermeiro João Felipe Marques.

Foto: Reprodução

Mediante dados apresentados pelo Departamento Municipal de Saúde a manutenção dos serviços não essenciais fechados foi unanimidade. Por isso, continua valendo o Decreto 13.135 de 20 de março de 2020 em conformidade com o Governo do Estado, que emitiu decreto estabelecendo 33 atividades essenciais que precisam manter o funcionamento. Ou seja, aqueles serviços que são basicamente de interesse público.

“A decisão foi tomada pensando na saúde da população de Ivaiporã, porque precisamos preservar o bem maior, que é a vida”, justificou o prefeito Miguel Amaral.

O promotor Cleverson Tozatte enalteceu o consenso da decisão e afirmou que a 1ª e 2ª Promotorias de Justiça da Comarca de Ivaiporã defendem a adoção das medidas indicadas pela OMS e Ministério da Saúde. “A recomendação é manter o isolamento horizontal – ficar em casa, e voltar reavaliar a decisão de manter alguns estabelecimentos fechados por mais uma semana. Por isso, caso a Prefeitura decidisse abrir, ingressaríamos com uma ação para reverter”, resumiu Cleverson Tozatte.

O Governo do Paraná, por meio de decreto estadual, em conjunto com a Associação dos Municípios do Paraná (AMP), unificou os decretos municipais, dispondo quais atividades podem ou não funcionar – lembrando que todos os segmentos podem continuar atendendo online ou telefone e por delivery. O presidente da Acisi, Mauro Merigue, concordou e acatou as medidas – ação que foi seguida pela presidente da Acisi Mulher, Patrícia Gerino, e por todos os participantes da reunião.

Deixe seu comentário sobre: "Serviços não essenciais continuam fechados mais uma semana, em Ivaiporã"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.