Região

Prefeitura de Ivaiporã decreta fechamento das vias de acesso ao município

Da Redação ·
Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã
Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã

Neste domingo, a Prefeitura de Ivaiporã editou o Decreto 13.137 de 22 de março de 2020, que dispõe sobre o fechamento sanitário de vias de acesso ao município, e recomenda à população a se isolar socialmente – além de medidas adicionais às dispostas no Decreto Municipal 13.135/2020, que estabeleceu situação de emergência e definiu medidas para enfrentamento da pandemia decorrente do coronavírus (Covid-19). 

continua após publicidade

Dessa forma e, em virtude do recrudescimento das medidas nacionais de combate à pandemia, fica determinado, até segunda ordem, o fechamento das vias de acesso ao município, que compreendem: Trevo Secundário da PR-466, Estrada do Ouro Verde e outras vias rurais secundárias de acesso – caso necessário, a partir das 08h00 desta segunda-feira, dia 23 de março. 

No Trevo Principal da PR-466 haverá barreira sanitária. Mas não se inclui na restrição os veículos oficiais e aqueles que transportam materiais e itens de fornecimento, bem como os veículos que transportam cidadãos em regresso à cidade e aqueles que, por razões imperiosas, devidamente comprovadas, tenham que trafegar fora dos limites da cidade.

continua após publicidade

Ao Departamento Municipal de Saúde, em conjunto com os Departamentos Municipal de Administração, Planejamento e Finanças, caberá requisitar e escalonar pessoal, inclusive de outros departamentos, para permanecer na barreira sanitária, fiscalizar e avaliar caso a caso, solicitando força policial, se necessário.

Além disso, a Prefeitura de Ivaiporã recomenda que cada cidadão busque as medidas para o isolamento social e recomenda a saída de apenas 1 pessoa por família para fins de abastecimento ou mais de 1 pessoa por família nas hipóteses de trabalho autorizado, ou por questões de saúde. 

O Decreto 13.137 de 22 de março de 2020 poderá ser alterado a qualquer tempo, mediante o prudente arbítrio da administração municipal.