Menino agredido melhora e começa a se alimentar na UTI; pais adotivos são suspeitos - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Região

Menino agredido melhora e começa a se alimentar na UTI; pais adotivos são suspeitos

(Imagem ilustrativa)
Foto por
Escrito por da redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O menino adotivo que foi agredido pelos pais em Londrina, começou a se alimentar e está consciente na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Evangélico. 

Os pais adotivos do menino, que tem 8 anos, foram presos suspeitos de tentativa de homicídio e tortura na noite de domingo (8). A criança estava com vários hematomas e mordidas em algumas regiões do corpo. A Polícia Militar (PM) foi chamada pelo Conselho Tutelar.

O casal reconheceu para o Conselho Tutelar e à Polícia Civil que bateu no menino. Eles disseram que deram chineladas e agrediram com varinha de plástico para 'corrigir e disciplinar' o garoto. Os dois afirmaram em depoimento que o menino teve uma crise convulsiva um dia depois das agressões, e que a criança machucou a cabeça ao se debater no chão e na parede.

Nesta quinta-feira (12), o boletim médico apontou que a criança está estável e o quadro de saúde está evoluindo.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Menino agredido melhora e começa a se alimentar na UTI; pais adotivos são suspeitos"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.