Mais lidas
Ver todos

    Região

    Segundo suspeito de participar do roubo seguido de sequestro em Cambira morre no hospital

    Foto: Maicon Sales
    Foto por
    Escrito por Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    O segundo suspeito de participar de um roubo seguido de sequestro em Cambira, morreu no Hospital Universitário de Maringá (HUM) na madrugada de hoje (03). O nome dele ainda não foi revelado, apenas foi divulgado que se trata de um jovem de 17 anos.

    Na tarde de ontem,(2) Paulo César de Oliveira Santos, 30 anos, que também teria participado do crime, morreu após confronto com policiais militares em Mandaguari.

    Os policiais encontraram uma pistola 9 mm (milímetros) e um revólver calibre 38 com a dupla baleada. A PM também apreendeu um celular e uma quantidade em dinheiro com o grupo.

    Foto: Reprodução

    Um suspeito de 19 anos, identificado como Gabriel Jorda Ferreira Cândido, foi detido na rodoviária de Cambira. Durante a tarde de hoje, o delegado de Apucarana e a PM vão falar sobre o caso. 

    Todos são suspeitos de participar do roubo seguido de sequestro do gerente de uma agência bancária, sua esposa e um filho na noite de domingo

    Os bandidos renderam à família. O plano era manter os familiares do gerente como reféns para que o profissional fizesse a retirada do dinheiro. Contudo, um familiar viu o sequestro e acionou a polícia. 

    A família do gerente do banco de Cambira que foi sequestrada durante um roubo e era mantida refém foi liberada pelos criminosos no começo da tarde de ontem. 



    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    A luta das mulheres por direitos no Brasil, com Aline Rocha e Gabriela Sacchelli

    Deixe seu comentário sobre: "Segundo suspeito de participar do roubo seguido de sequestro em Cambira morre no hospital"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.