Região

Travesti é morta a facadas no centro de Londrina

Da Redação ·
Foto: Reprodução/PM
Foto: Reprodução/PM

Uma travesti foi espancada e assassinada a facadas na madrugada desta segunda-feira (10) na avenida Leste-Oeste, esquina com rua Cabo Verde, na região central de Londrina. De acordo com testemunhas, um veículo Citroën Prata passou várias vezes pelo local, parou e dele desembarcaram três homens que partiram para cima de duas travestis.

continua após publicidade

Uma das vitimas conseguiu fugir. A outra, porém, entrou em luta corporal com os autores e foi morte. Equipes da 4ª Companhia Independente da Polícia Militar foram no endereço do carro, que teve as placas anotadas, e lá foram informados que o veículo havia sido vendido para uma pessoa chamada Anderson Aparecido dos Santos Pires.

Logo em seguida o carro foi achado pela Guarda Municipal (GM) abandonado na avenida Dez de dezembro. Uma equipe do 5º Batalhão de Polícia Militar fazia guarda de um preso no Hospital Zona Sul quando recebeu a informação de que deu entrada no local um homem esfaqueado, em horário próximo ao do caso na avenida Higienópolis. 

continua após publicidade

Ao consultar o nome, constataram ser Anderson, suspeito do homicídio. À PM ele disse que teria sido roubado e que levaram o carro e o esfaquearam.

Contudo, uma testemunha o reconheceu como um dos três autores do homicídio, sendo as lesões sofridas pela reação da vítima, que portava uma faca. O homem então recebeu voz de prisão, ficando internado sob guarda policial.