Região

Cisvir lança novo sistema de transporte de pacientes

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Cisvir lança novo sistema de transporte de pacientes
Cisvir lança novo sistema de transporte de pacientes

Prefeitos e secretários municipais de saúde que integram o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ivaí e Região (Cisvir) estiveram reunidos ontem à tarde na sede da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi), em Apucarana. No encontro foi apresentado um novo sistema de transporte de pacientes da região para os centros médicos de Campo Largo e Curitiba, que começa a vigorar já a partir da próxima segunda-feira.

continua após publicidade

Denominado Projeto Saúde, o novo sistema é uma parceria estabelecida entre o Cisvir e a Viação Garcia, que vai disponibilizar ônibus executivos de linha para transporte de pacientes de todos os municípios que integram o Cisvir. Este sistema vai funcionar de segunda a segunda em diferentes horários recolhendo pacientes em diversas bases de embarque distribuídas em cidades estratégicas da região.Pela parceria, as secretarias ou departamentos de saúde dos municípios emitirão guias de passagens para os pacientes, já com horários e destino definidos da viagem. Esses serão transportados pelo setor de saúde do seu município até a base de embarque. O ônibus que levará para Campo Largo ou Curitiba é o mesmo que leva outros passageiros comuns. No entanto, os pacientes serão deixados em bases de apoio localizadas na entrada de Campo Largo e em Curitiba. Nas bases de apoio eles recebem café da manhã e sala vip para descanso com toda infraestrutura. Dali são levados por outros veículos até os locais de consulta médica e trazidos de volta à base após a consulta, onde permanecem com todo conforto e alimentação até o horário de embarque de volta para sua cidade de origem através do ônibus de linha. Só não serão atendidos por este projeto pacientes que precisam ser transportados com equipamentos de UTI.

Com este novo serviço, as prefeituras deixam de fazer viagens diárias com pacientes até Campo Largo e Curitiba, colocando em risco na estrada a vida dos próprios pacientes.“Este é um trabalho de humanização da saúde que estamos implantando no Cisvir”, explica o presidente do consórcio Aquiles Takeda (PV), prefeito de Marilândia do Sul.

continua após publicidade

 Ele observa que foram dois anos de negociações com a Viação Garcia para implantação deste serviço, que agora está sendo concretizado com o apoio de todos os prefeitos. Segundo ele, a partir de agora os pacientes serão transportados com mais segurança e dignidade, sem custo para as prefeituras.De acordo com Eduardo Faustino, relações públicas da Viação Garcia, o Projeto Saúde já atende a 145 municípios do Paraná, devendo chegar a 200 municípios em 2019. Ele observa que os ônibus disponíveis para o projeto são novos ou seminovos, com no máximo três anos de uso, dotados de poltronas-camas para pacientes que assim necessitam. Os primeiros embarques pelo Cisvir começam no próximo domingo à noite.Aproveitando o encontro, Aquiles Taqueda apresentou aos prefeitos um veículo Gol adquirido pelo Cisvir e um Duster (liberado pelo governo do Estado), destinados ao uso dos funcionários em viagens a serviço pela região.

Eleição será dia 10 de dezembro
Numa rápida pré-assembleia realizada ontem ficou decidido que a eleição para escolha da nova diretoria do Cisvir será no dia 10 de dezembro, às 14h30, na sua sede em Apucarana. Interessados em disputar o pleito deverão inscrever chapas até o dia 7, às 17 horas.

Na assembleia de escolha da nova diretoria será discutida uma proposta do prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre da Silva (PSC), pelo fim da reeleição. Hoje uma diretoria é eleita por dois anos, com direito à reeleição. Para Sérgio Onofre, como se trata de um consórcio, o interessante é que haja rodízio de prefeitos na diretoria, assim como também acontece no Cismel (Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública e Cidadania de Londrina e Região), do qual Arapongas faz parte.

Ainda ontem, na pré-assembleia, foi proposta uma estimativa inicial de R$ 31,1 milhões para o orçamento do Cisvir em 2019, além de uma correção de 4% nos repasses mensais das prefeituras, passando de R$ 0,60 para R$ 0,63 per capita. Mas são questões que serão discutidas na assembleia geral de dezembro. (E.C.)

Tags relacionadas: #Cisvir #Vale do Ivaí