PM é chamada para conter aluno de 16 anos por indisciplina e assédio sexual de colegas e professora dentro da sala de aula - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Região

PM é chamada para conter aluno de 16 anos por indisciplina e assédio sexual de colegas e professora dentro da sala de aula

Foto - Imagem ilustrativa
Foto por
Escrito por DA REDAÇÃO
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Uma situação recorrente de indisciplina, ameaças e suposto assédio sexual por parte de um estudante de 16 anos nas dependências de uma escola da rede pública de ensino em Rio Bom levou uma professora a pedir ajuda à Polícia Militar na quinta-feira (8).

De acordo com relatório de ocorrências da PM, uma professora de Ciências do Colégio Estadual Doutor Rebouças, na Rua Ayrton Senna, acionou a corporação após o aluno agir de forma indisciplinada por reiteradas vezes, incluindo assédio sexual de colegas de classe e da própria professora.

O estudante, segundo a educadora, teria feito ameaças tendo como alvo até o marido da professora em questão. Conforme a direção do colégio, a situação já havia sido comunicada ao órgão municipal de apoio ao adolescente e Conselho Tutelar, porém como as atitudes inconvenientes do adolescente vinham se agravando, o caso foi levado ao conhecimento da PM.

A polícia orientou a direção do colégio para recolher declarações (sendo 13 no total) das alunas supostamente assediadas para anexá-las ao Boletim de Ocorrência que será encaminhado a Delegacia de Polícia de Rio Bom para as providências legais.

O Núcleo Regional de Educação (NRE) de Apucarana ainda não se manifestou sobre a situação.

Confira a íntegra do boletim de ocorrência da PM

Rio Bom

09h00min.

Solicitante

Feminina

Natureza

Assedio sexual

Local

Colégio Estadual Dr. Rebouças, R: Ayrton Senna, 637.

Por volta das 09h00min conforme solicitação da feminina (Professora de Ciências do Colégio Estadual Dr. Rebouças), lecionando para os alunos das 6ª, 8ª e 9º séries, onde ha vários dias vem acumulando indisciplina do aluno de 16 anos, estudante da 1ª série “A” do 2º Grau,  que várias alunas vem reclamando de tal aluno, além de atos inconvenientes, como assediando as adolescentes, inclusive fazendo gestos obscenos, proferindo palavras que vem incomodando e afetando psicologicamente as alunas, porém no dia 24 de Outubro, o aluno além de tais “indisciplinas” também agiu da mesma forma com a Professora, inclusive fazendo ameaças ao esposo da professora. Segundo a Direção do Colégio vem assistindo o adolescente, comunicando ao órgão municipal de apoio ao adolescente e Conselho Tutelar, porém como as atitudes vem se agravando, resolveu levar tal situação a Autoridade Policial. Inclusive no dia 07 de Novembro novamente teve uma situação constrangedora com o aluno. Diante de tais fatos foi pedido que o Colégio recolhesse declarações (sendo 13 no total) das referidas alunas assinadas por elas e seus representantes e anexando junto o Boletim que será encaminhado a Delegacia de Polícia. Quanto a professora envolvida foi orientada a fazer uma representação na Delegacia de Marilândia do Sul, sede da Comarca.


Deixe seu comentário sobre: "PM é chamada para conter aluno de 16 anos por indisciplina e assédio sexual de colegas e professora dentro da sala de aula"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.