Região

Polícia Civil fecha duas lojas de autopeças e prende um empresário suspeito de receptação  

Da Redação ·
Policiais encontraram peças de veículos sem comprovação de origem, em Maringá. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Policiais encontraram peças de veículos sem comprovação de origem, em Maringá. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Uma ação conjunta entre a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Curitiba e a Polícia Civil em Maringá, no norte do Paraná, fechou duas lojas de autopeças na cidade e no distrito de Iguatemi.

continua após publicidade

Um empresário de Maringá também foi preso na ação, deflagrada na segunda-feira (18). A polícia divulgou as informações nesta quarta-feira (20).

Polícia Civil fecha duas lojas de autopeças e prende um empresário suspeito de receptação   fonte: Reprodução

Empresa especializada em peças de caminhões foi fechada pela polícia no distrito de Iguatemi, em Maringá. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

continua após publicidade

Conforme a polícia, o estabelecimento do distrito de Iguatemi – especializado em caminhões – foi fechado por causa da falta de comprovação da origem de peças de veículos.

Já no outro estabelecimento, localizado na Avenida Morangueira, em Maringá, um carro desmontado levou o proprietário, de 44 anos, a ser preso em flagrante por receptação de veículo e adulteração de sinais identificadores, informou a polícia.

Outras peças de diversas marcas também foram apreendidas. Ainda de acordo com a polícia, foi possível remontar um veículo, suspeito de ter sido roubado em Londrina, no norte do Paraná, com as peças que estavam no local.

As informações são do G1