Região

Cursos dão novas perspectivas para usuários da Assistência Social 

Da Redação ·
Cursos dão novas perspectivas para usuários da Assistência Social
Cursos dão novas perspectivas para usuários da Assistência Social

Usuários da Secretaria de Assistência Social de Tamarana têm entrado em contato com novas perspectivas de trabalho e já traçam planos para incrementar a renda de suas famílias. É porque, por meio de parceria com a empresa Tamarana Tecnologia  (através do Projeto Desenvolve Tamarana) e o Senai, a pasta ofereceu em 2017 dois cursos de formação profissional para homens e mulheres do município de diferentes idades. O mais recente deles foi o de manutenção predial, concluído na última semana. Dividido em cinco módulos, ele durou mais de um mês. Os 14 alunos que frequentaram as aulas são só elogios ao curso.

continua após publicidade

É o caso da dona de casa Divina de Oliveira Pereira, de 40 anos, moradora do Jardim Juny. "No início, eu achei que não ia conseguir dar continuidade, mas isso foi possível. Agora, pretendo buscar um emprego. A oportunidade que aparecer, estou pronta para agarrar. Foi um aprendizado muito bom não só para mim, mas para todos que fizeram", garante ela, que soube da iniciativa em uma reunião do Programa Bolsa Família realizada no Centro de Referência de Assistência Social de Tamarana.
Professor no curso de manutenção predial, Jean Mortari da Silva contou que ficou bastante satisfeito com a turma. "Aqueles que não têm condições de pagar são os que mais querem aprender. Por isso, eles recebem muito bem o curso". Além disso, entre agosto e setembro, 16 mulheres que utilizam os serviços da Assistência Social passaram por um curso de uma semana em que aprenderam técnicas de manipulação e preparo de salgados. Elas também se sentem preparadas para ajudar na renda familiar, como disse a dona de casa Kerolen de Fátima Galvão: "é uma profissão que a gente pode seguir para dar uma renda a mais para a família. Eu achei o curso muito bom e pretendo fazer os salgados em casa para poder vender".

A secretária de Assistência Social do município, Dora Barison, fez avaliação positiva sobre as formações ofertadas neste ano para usuários do órgão. "São cursos que abrem o horizonte das pessoas. Eles têm certificado reconhecido e carga horária mais extensa, o que permite acesso mais fácil ao mercado de trabalho", afirmou. Em 2018, a Assistência Social pretende oferecer cursos do Senac escolhidos a partir de demandas apresentadas pelos próprios usuários do Cras.

Para o gerente de Recursos Humanos e Responsabilidade Social da Tamarana Tecnologia, Maurício Chiesa Carvalho, a união de esforços entre poder público e iniciativa privada significa, além de oportunidade de emprego, formação cidadã para os munícipes. "Mensurar resultados a curto prazo pode ser difícil, mas, a longo prazo, os frutos serão colhidos. Essa união de entes públicos e privados é fundamental para o resultado sustentável. Permitir a independência das pessoas e sua capacidade de gerar renda é resgatar a dignidade e o valor de ser cidadão", avaliou ele.