Região

Mais de 3 milhões de árvores são necessárias para área rural da região

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Mais de 3 milhões de árvores são necessárias para área rural da região
Mais de 3 milhões de árvores são necessárias para área rural da região

A partir de janeiro o Cadastro Ambiental Rural (CAR) das propriedades rurais da área de abrangência do escritório regional de Ivaiporã, do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), começarão a ser homologadas. Nos casos em que houver necessidade de recuperação ambiental, os proprietários serão notificados à apresentarem proposta e fazer a recomposição em áreas de preservação permanente ou reserva legal. A previsão é que só na regional de Ivaiporã que tem área de abrangência de 25 municípios serão necessárias mais de 3 milhões de mudas.
De acordo com o diretor regional do IAP, Maurilio Villa, os cadastros já estão sendo analisados pelos técnicos do Simepar, e após a conclusão o CAR será enviado para os escritórios regionais do IAP para a homologação. “Nossos técnicos estão fazendo o treinamento, a homologação na regional deve começar em janeiro. Iremos analisar as propriedades e aquelas que não estiverem cumprindo a legislação da reserva legal e da preservação permanente terão que recuperar”, assinala Villa.
Conforme o fiscal do meio Ambiente do IAP, Valdinei Rodrigues da Silva, agente de execução, na última década o viveiro florestal em Ivaiporã produziu aproximadamente 2 milhões de mudas nativas, e a previsão é produzir mais de 3 milhões para que a legislação seja cumprida na regional.
“Nos últimos 10 anos, 80% dessas mudas foram para proprietários autuados ou chamados na promotoria para firmar termos de compromisso para recuperação, 20% conscientemente e voluntariamente fizeram essa recomposição. Com o CAR acreditamos que isso deva se inverter, com 80% para cumprir o PRA (Plano de Recuperação Ambiental) ”, completa Silva.
 
Viveiro Florestal
 
O Viveiro Florestal do Instituto Ambiental do Paraná que fica localizado em Ivaiporã cultiva anualmente cerca de 200 mil mudas nativas de 25 espécies, dentre elas, cedro rosa, cerejeira do mato, peroba rosa, palmito e paineira, que são coletadas nas matas do Vale do Ivaí. Porém, caso aja aumento da demanda, tem capacidade para produção anual de 1 milhão de mudas.
Os pedidos de mudas são feitos através do Sistema de Gestão Ambiental (SGA), que permite aos produtores rurais, além a requisição de mudas, consultas relacionadas ao requerimento feitos pela Internet. O endereço para acesso ao sistema é www.sga.pr.gov.br
Depois de realizada a solicitação, o pedido passa por uma analise do IAP. Caso o pedido seja aprovado, será encaminhado um e-mail ao requerente, com as informações do local de retirada das mudas e a documentação necessária. Se não aprovado, o requerente receberá um e-mail contendo o motivo do indeferimento.

 Cadastro
 
O Paraná possui 372,1 mil imóveis rurais cadastrados no CAR, ou seja, 99% das áreas passíveis de cadastro. Destes, 1.123 estão com status "pendente" por terem áreas embargadas ou apresentarem sobreposição do mapeamento com áreas indígenas ou de Unidades de Conservação.
O Cadastro Ambiental Rural é um registro eletrônico obrigatório criado pelo Código Florestal e tem o objetivo de ajudar na identificação e na integração das informações, contribuindo para a regularização ambiental das propriedades rurais no País. Através dele é possível fomentar a formação de corredores ecológicos e a conservação dos demais recursos naturais, contribuindo para a melhoria da qualidade ambiental.

continua após publicidade