Região

Departamento de Saúde alerta para o aumento dos casos de varicela em Ivaiporã

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Departamento de Saúde alerta para o aumento dos casos de varicela em Ivaiporã
Departamento de Saúde alerta para o aumento dos casos de varicela em Ivaiporã

O departamento de Saúde de Ivaiporã através da coordenadoria de vigilância epidemiológica publicou nota ontem (18), alertando sobre um aumento nos casos de varicela no município. A varicela conhecida também por catapora pode ocorrer durante o ano todo, porém observa-se um aumento do número de casos no período que se estende do fim do inverno até a primavera (agosto a novembro). Sendo comum, neste período, a ocorrência de surtos em creches e escolas. Na cidade foi registrado 10 crianças contaminadas com a doença em uma creche.

continua após publicidade

De acordo com o secretário de saúde, Claudemir Martins, a varicela é mais frequente em crianças (principalmente as com menos de 10 anos), mas pode também atingir adolescentes ou adultos. Os sintomas começam entre 10 e 21 dias após o contágio da doença. “Além de manchas vermelhas e bolhas no corpo, a doença também causa mal-estar, cansaço, dor de cabeça, perda de apetite e febre baixa”, explica Martins.

 Ainda segundo Martins, nas crianças, a varicela é benigna em quase todos os casos (exceto em crianças imunodeprimidas ou recém-nascidos). “No máximo ela pode deixar algumas eternas cicatrizes. A varicela é muito contagiosa e é transmitida entre as crianças através de minúsculas gotículas de saliva, em espirros, por exemplo, ou até durante a fala”.

Ele também alerta aos pais com crianças com catapora, que não as levem a escola por cerca de 10 dias. “Assim, evita-se o contágio de outras crianças. A transmissão continua até que as vesículas sejam transformadas em cascas, então neste período o portador deve permanecer em casa evitando aglomerações de pessoas”.

Uma grávida que nunca teve varicela no passado ou que não foi vacinada deve evitar qualquer contato com pessoas contaminadas pela doença. Em caso de varicela em mulheres grávidas, avise imediatamente os profissionais de saúde.

continua após publicidade

Em geral, a catapora pode ser diagnosticada facilmente por um profissional de saúde, em função das lesões visíveis e dos sintomas associados, e é sempre bom procurar logo uma Unidade de Saúde para que possa receber as orientações necessárias.

O melhor meio de prevenção da varicela é a vacinação. Desde meados de 1980, existe uma vacina contra a varicela que pode ser utilizada desde os 12 meses de idade até os 04 anos de idade.