Região

Crianças especiais ganham brinquedos adaptados

Da Redação ·
Os brinquedos foram instalados na Praça da Biblia, no centro da cidade (Foto: Divulgação)
Os brinquedos foram instalados na Praça da Biblia, no centro da cidade (Foto: Divulgação)

Toda criança gosta de brincar, se divertir, inventar e sonhar. É uma fase natural do ser humano. No entanto, para quem tem algum tipo de deficiência física, a essência da criança só é garantida através da acessibilidade e da inclusão. A limitação física só não tira de uma pessoa a capacidade de sonhar e acreditar que é possível ser igual.

continua após publicidade

O município de São João do Ivaí dá exemplo de que é preciso pensar no coletivo. Através de recursos de um fundo administrado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), foram comprados dois brinquedos com acessibilidade para cadeirantes e instalados na Praça da Bíblia, ao lado do Parque Municipal.

A presidente da Associação Dar a Mão, Geane Poteriko, que presta apoio à famílias e pessoas com casos de malformação de membros, foi quem trouxe a ideia para o CMDCA, após ver os brinquedos em praças de Curitiba. "É um avanço muito grande trazer esses brinquedos adaptados para crianças com deficiência. Esse é um passo muito significativo rumo a inclusão pelo lazer", pondera.

continua após publicidade

O estudante Osni Adriano Ferreira nasceu com malformação nas duas pernas e mão. Atualmente ele anda com o auxílio de próteses, mas conta que as barreiras foram maiores na infância, quando dependia de uma cadeira de rodas. Ele ficou emocionante em ver os brinquedos com acessibilidade instalados na praça.

"Sonho com esse momento desde criança, pois, na época, eu andava com cadeira de rodas manual, vinha no parquinho da praça com os amigos, mas não podia brincar como eles. Ficava me arrastando e tudo era limitado, sem contar com a preocupação de cuidar da cadeira", relembra Osni Adriano Ferreira, completando que está muito feliz em testemunhar esse avanço.

Entrega oficial

continua após publicidade

A entrega oficial dos brinquedos aconteceu no início do mês, com a presença de autoridades, membros do CMDCA e direção, professores e alunos da APAE. "Nossa equipe trabalha em prol da evolução do município, pensando sempre na qualidade de vida de todos os cidadãos. Esses brinquedos demonstram nosso interesse de fazer uma cidade mais justa e para todos", disse o prefeito Fábio Hidek Miura.

A vice-prefeita Carla Emerenciano falou da satisfação em ver que o município tem evoluído, pensando na inclusão. "Esta é a verdadeira inclusão social. É muito satisfatório ver que em nosso município as crianças vão crescer se respeitando e tendo um olhar com mais igualdade. Todos vão poder se divertir, independente da condição física". 

Segundo a diretora da APAE, Dilma Albertini, a instalação dos brinquedos adaptados é a realização de um grande sonho. "A inclusão é a nossa maior bandeira. Trouxemos nossos alunos e pudemos testemunhar sorrisos de satisfação e alegria, pois eles estavam experimentando algo novo, podendo   brincar juntos com crianças que não possuem deficiências", relata.

A presidente do CMDCA, Maria José Bergossi Montani, agradeceu todas as pessoas envolvidas na conquista, principalmente àquelas que fizeram doações financeiras ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente. Ela também chamou a atenção dos pais para que monitorem seus filhos no parque, para que o direito de brincar seja preservado às crianças com deficiência.