Região

Moradias e atendimento social melhoram a vida em Godoy Moreira

Da Redação ·
Moradias e atendimento social melhoram a vida em Godoy Moreira
Moradias e atendimento social melhoram a vida em Godoy Moreira

O Governo do Paraná entregou ontem sexta-feira (18) o Centro de Assistência Social (Cras) de Godoy Moreira, na região do Vale do Ivaí. Essa é a 50º unidade construída no Paraná, desde 2011, e foi inaugurada pelo Beto Richa e a secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa. O governador também entregou as chaves da casa própria para 98 famílias de baixa renda do município.

continua após publicidade

Richa disse que essas obras mostram o compromisso do Governo do Estado em produzir ações que garantam o bem-estar da população e o desenvolvimento do município. “Moradia e atendimento social são essenciais para proteger e melhorar a vida da população que mais precisa do poder público”, afirmou o governador.

Ações como as de Godoy Moreira, disse Richa, acontecem em municípios de todas as regiões do Paraná e são possíveis graças ao bom desempenho das contas públicas, resultado do ajuste fiscal. "A cada dia podemos anunciar obras e investimentos que melhoram a qualidade de vida dos paranaenses. Hoje o Paraná é um canteiro de obras graças ao planejamento que fizemos", disse.

continua após publicidade

PROTEÇÃO – Com 206 metros quadrados, a unidade de Godoy Moreira tem capacidade para atender até 2.500 famílias da região. O investimento do governo estadual de R$ 520 mil. A secretaria Fernanda Richa ressaltou que o Cras é o espaço onde as famílias que precisam dos serviços de proteção básica têm acesso a programas e benefícios sociais.

“É a porta de entrada para todos os serviços de assistência social, inclusive para o Programa Família Paranaense”, disse Fernanda. Ela explicou que cada unidade é equipada de acordo com a necessidade do município. No caso de Godoy Moreira, o Centro recebeu um veículo para resgate social. “Entendemos as particularidades de cada município e por isso individualizamos cada equipamento”.

O prefeito, José Gonçalves, comemorou a conquista do novo equipamento social. “O Cras é muito necessário em nossa cidade e com a nova sede já estamos pensando em ampliar as ações”, disse.

continua após publicidade

VIDA MELHOR - Desde 2011, o Governo do Estado investiu R$ 12,4 milhões na construção dos 50 Centros de Assistência Social. Com as novas unidades, mais 132 mil passaram a ter atendimento. Hoje o Paraná quinto estado em número de Cras, com 562 equipamentos nas 399 cidades paranaenses. É também o Estado do Sul com maior número de assistentes sociais atuando na rede de proteção social às famílias e pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade.

Godoy Moreira aderiu ao programa Família Paranaense em 2013 e de lá para cá 193 famílias foram atendidas com ações como transferência de renda, acompanhamento familiar e atendimento em áreas prioritárias como saúde, educação e assistência social.

PRESENÇAS - Participaram o secretário da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Artagão Júnior, o deputado estadual Luiz Claudio Romanelli, líder do governo na Assembleia Legislativa, e o deputado federal Alex Canziani.

continua após publicidade

Famílias recebem subsídios para pagar novas moradiasAs 98 famílias de Godoy Moreira que receberam novas moradias têm renda de um a cinco salários mínimos. Graças aos subsídios do poder público, elas pagarão prestações mensais de até R$ 441,00. "Até agora, elas pagavam aluguel, moravam de favor ou em condições precárias", disse o presidente da Cohapar, Abelardo Lupion.

A atendente Aline Nascimento é uma das novas moradoras do conjunto. Ela, o marido e a filha dividiam espaço com a sogra e agora vão para a casa própria. “Estou muito feliz e ansiosa”, contou.
O empreendimento recebeu investimentos de R$ 4,3 milhões do FGTS, com financiamento da Caixa Econômica Federal. A contrapartida do Governo do Estado se deu por meio da assessoria técnica da Cohapar para o projeto e execução da obra, da Copel e Sanepar.

BALANÇO - Além das 98 unidades urbanas, outras 54 moradias rurais já foram entregues. A Cohapar e a prefeitura protocolaram projetos para a construção de 60 novos imóveis do Programa Nacional de Habitação Rural. Também está prevista a construção de mais 43 casas financiadas pelo FGTS.