Região

Arapongas define ponto de coleta para pneus inservíveis

Da Redação ·
 Coleta de pneus
fonte: Divulgação
Coleta de pneus

A Prefeitura Municipal de Arapongas, em parceria com a RECICLANIP – Associação Nacional de Fabricantes de Pneumáticos , com sede em São Paulo e a empresa Laminadora de Pneus Aricanduva Ltda, com sede na PR 444, KM 02; formalizou convênio com o objetivo de desenvolver ações conjuntas visando proteger o meio ambiente, através da destinação adequada de pneus inservíveis. Em 2008, mais de 400 toneladas de pneus inservíveis, através de caminhões itinerantes que periodicamente recolhiam este tipo de resíduo, responsabilidade da RECICLANIP; foram retirados do município. Em 2009 este trabalho foi interrompido. Conforme logística implantada no período; Arapongas deveria entregar os pneus em local estabelecido pela RECICLANIP em Apucarana, fato que gerou inúmeras dificuldades para as empresas geradoras.

continua após publicidade

Conforme salientou o Secretário de Meio Ambiente de Arapongas, Luiz Gonzaga Pereira, “com este convênio hoje formalizado, foram estabelecidas as condições para implantação da logística reversa em relação a este tipo de resíduo, de alta agressividade não apenas em termos de poluição ambiental; mas também de saúde pública, relacionados com a dengue. Não há razões para a destinação irregular de pneus em terrenos baldios, fundos de vale e, principalmente, estradas rurais”; observou o secretário.

continua após publicidade

Milton Correia, um dos sócios da Empresa Laminadora de Pneus Aricanduva Ltda.; destacou que o recebimento deste material não envolve custos para os consumidores, borracheiros e outras empresas que atuam no ramo. “Os pneus descartados, parte deles é reciclado na própria empresa, sendo transformados em tubos para canalização de águas pluviais e drenagem urbana. Também são fabricados percintas e solas de sapatos e botas. Outra parte é levada até a Fábrica de Cimentos VOTORANTIM, em Rio Branco do Sul, onde são incinerados e transformados em energia”. O empresário também salientou que a empresa possui licenciamento ambiental do IAP – Instituto Ambiental do Paraná e federal, do IBAMA.

continua após publicidade

O Vice Prefeito Jair Milani entregou cópia do convênio ao empresário, devidamente assinado pelas empresas envolvidas no processo, com participação da Prefeitura Municipal. “Importante nesta ação é de que não há envolvimento de recursos públicos no processo. Nestes quase 06 anos de administração do Prefeito Beto Pugliese, não tivemos nenhuma multa por infração ambiental de qualquer natureza. Ao contrário, resíduos importantes do ponto de vista da poluição ambiental e visual, com a participação de empresários, tiveram a destinação adequada; como são os casos das embalagens de agrotóxicos, construção civil, pneus, móveis inservíveis, serviços de saúde. Recentemente, com a participação da ONG Ambiental CETEC, que recicla os resíduos da indústria moveleira, foi destinado adequadamente grande quantidade de materiais descartados da indústria da informática. Ações como essas transformam problemas em oportunidades”, finalizou o vice-prefeito.