Região

Traficante deve ir a júri popular em Apucarana pela prática de aborto induzido

Da Redação ·

Uma mulher conhecida como Valda da Vila Nova, que encontra-se presa após condenação pelo crime de tráfico de drogas, deve ir a júri popular na COmarca de Apucarana pela prática de aborto induzido em outrem.

continua após publicidade

A informação é do promotor da Família, Infância e Juventude da Comarca de Apucarana, Gustavo Marcel Fernandes Marinho.

continua após publicidade

 Valda teria cometido o crime antes de ser flagrada com cerca de um quilo de cocaína na cidade de Arapongas.

continua após publicidade

O promotor adiantou que o Ministério Público deverá oferecer denúncia contra a traficante por homicídio. Se a denúncia for aceita pelo Judiciário ela irá a júri popular em Apucarana, onde o crime foi cometido há vários anos.

Valda já foi presa e condenada três vezes pelo crime de tráfico de entorpecentes e é muita conhecida no meio policial da região.

continua após publicidade

Mais detalhes na edição de amanhã da Tribuna do Norte - Diário do Paraná