Região

Caps de Rolândia ajuda a devolver a vida às pessoas

Da Redação ·
 Oferecendo apoio e uma chance de reintegração na sociedade, o Caps atende diariamente cerca de 50 pessoas
fonte: Divulgação
Oferecendo apoio e uma chance de reintegração na sociedade, o Caps atende diariamente cerca de 50 pessoas

Qualidade de vida. Essa é a principal meta de quem procura tratamento no Centro de Atenção Psicossocial de Álcool e Drogas, Caps-Ad, serviço mantido pela Prefeitura de Rolândia. Oferecendo apoio e uma chance de reintegração na sociedade, o Caps atende diariamente cerca de 50 pessoas que optaram por largar o vício das drogas.

continua após publicidade

O trabalho já começa na primeira consulta agendada, quando a equipe multidisciplinar realiza o “acolhimento”. Um histórico detalhado é colhido para entender o que está acontecendo na vida do paciente em decorrência do vício, seus objetivos e quais serão os cuidados necessários nesta nova etapa.

continua após publicidade

Opções de Tratamento - O CAPS AD de Rolândia oferece diferentes tipos de atividades terapêuticas tais como: grupos psicoterapêuticos, de acolhimento, relaxamento, prevenção à recaída, músicoterapia e de familiares; oficinas de conhecimento, artesanato, saúde, virtudes, espiritualidade, sócio informativa, cinema, contos e fábulas, que são distribuídas de acordo com as possíveis modalidades indicadas pelos técnicos no Projeto Terapêutico Individual nas modalidade Intensiva, Semi-Intensiva, Não-Intensiva, Não-Intensiva Noturna e Grupo para Tabagista.

continua após publicidade

Quem pode ser atendido - Pessoas acima de 18 anos de ambos os sexos, que apresentam problemas decorrentes de álcool e drogas, bem como aos seus familiares. Residentes nos municípios que compõem a Micro-região (Cafeara, Centenário do Sul, Guaraci, Jaguapitã, Lupionópolis, Pitangueiras, Porecatu), proposto pela 17ª Regional de Saúde, onde Rolândia funciona como pólo. Equipe de trabalho - A equipe técnica é composta pelos coordenadores Simone Rodrigues e Éderson da Silva, psicólogos, psiquiatra, clínico geral, assistente social, terapeuta ocupacional, enfermeiro, auxiliar de enfermagem e auxiliar administrativo.

Serviço - As pessoas que necessitarem podem procurar o serviço na Avenida Castro Alves, nº 1821, centro, por meio de encaminhamento da unidade básica de saúde, por procura espontânea, ou ainda por agendamento através dos telefones (43) 3256-6248 ou 3255-1926.