Região

Polícia prende quadrilha especializada em roubo de carros

Da Redação ·
Polícia prende em Rolândia quadrilha especializada em roubo de carros
fonte: Eliandro Piva
Polícia prende em Rolândia quadrilha especializada em roubo de carros

Uma das maiores quadrilhas atuantes no Norte do Paraná, especializada em roubo de veículos de luxo e camionetes, foi presa na quinta-feira (19) em uma chácara no município de Rolândia. Um policial da Delegacia de Furtos e Roubos de Londrina foi baleado no braço e dois acusados foram atingidos na perna durante a troca de tiros, mas todos passam bem. Seis pessoas foram presas e duas ainda continuam foragidas. Segundo a polícia, os bandidos estão armados e um deles baleado.

continua após publicidade


O chefe da Furtos e Roubos, José Marcio Ilkiu, informou que foram apreendidos mais de 10 aparelhos celular, 40 jogos de placas de automóveis, pinos para afinar chassis, lixas para suprimir numeração dos vidros, uma pistola de 9 milímetros de uso restrito, uma pistola 380, três espingardas e farta munição. A polícia apreendeu também três carros, entre eles, um Corolla, roubado em Cambé na quinta à tarde.

continua após publicidade



Segundo o delegado-chefe da 10ª Subdivisão da Polícia Civil (SDP), Sérgio Barroso, a investigação, chamada de Operação Hilux começou há aproximadamente 60 dias e foi comandada por policiais do setor de inteligência da 10ª SDP, delegados Manoel Pelisson e Lanevilton Moreira, com apoio do 15º Batalhão da Polícia Militar de Rolândia. “O grupo é remanescente de outra grande quadrilha identificada e presa em são José do Rio Preto, em são Paulo, há quatro meses”, disse.


Um dos bandidos identificados pela polícia como Alcides Machado Meireles, 40 anos, é foragido da Colônia Penal Agrícola. Ele foi condenado, em 2008, a 32 anos de prisão pela morte do deputado Tiago Amorim de Novaes, assassinado em 2001, quando saía do prédio onde morava no centro de Cascavel, Oeste do estado.


Os outros presos foram identificados como Marcelo Correia Costa, 30 anos, de Cambé; Dyouani Lopes de Moraes, 24, de Naviraí, Mato Grosso do Sul; Antonio Chiminazzo Júnior, 37, de Campinas (SP); Moacir Pereira dos Reis, dono da chácara em Rolândia e empresário em Cambé no ramo de autopeças de moto; Mauro Pereira dos Reis, 42, irmão de Moacir. Barroso afirmou que a polícia trabalha para confirmar o nome verdadeiro dos bandidos. Eles foram autuados em flagrante por roubo, formação de quadrilha ou bando, adulteração de veículo automotor e recepção.


O delegado contou que Antonio Chiminazzo Júnior é especialista em adulteração de veículos e viajava de avião de Campinas para Rolândia para realizar as falsificações. Barroso informou os veículos eram encaminhados para Bolívia e Paraguai e outros eram vendidos no Brasil. “Eles usavam documentos de veículos adquiridos em leilão no Detran”.


Segundo o delegado, num período de 60 dias, 64 camionetes Hilux entraram na Bolívia com a mesma placa. “Isto denota grande falha na fronteira de fiscalização”. A polícia não divulgou o nome dos foragidos. Os bandidos foram encaminhados para Rolândia para a formalização da prisão, mas, devido ao alto grau de periculosidade, devem ficar detidos na Penitenciária Estadual de Londrina (PEL) ou Casa de Custódia.




Segundo o delegado, num período de 60 dias, 64 camionetes Hilux entraram na Bolívia com a mesma placa. “Isto denota grande falha na fronteira de fiscalização”. A polícia não divulgou o nome dos foragidos. Os bandidos foram encaminhados para Rolândia para a formalização da prisão, mas, devido ao alto grau de periculosidade, devem ficar detidos na Penitenciária Estadual de Londrina (PEL) ou Casa de Custódia.

continua após publicidade

Com informações de Eliandro Piva