Região

Mulher confessa assassinato do filho recém-nascido em Mauá da Serra

Da Redação ·
Ediocéia Foquim de Menezes, de 36 anos, confessou ter matado o filho recém-nascido a facadas, em Mauá da Serra - Foto: Reprodução
Ediocéia Foquim de Menezes, de 36 anos, confessou ter matado o filho recém-nascido a facadas, em Mauá da Serra - Foto: Reprodução

Depois de tentar incriminar um suposto companheiro em entrevista gravada no Instituto Médico Legal (IML) de Apucarana (norte do Paraná), durante exame de corpo de delito, Ediocéia Foquim de Menezes, de 36 anos, confessou ter matado o filho recém-nascido a facadas, em Mauá da Serra.

continua após publicidade

O crime aconteceu na madrugada de segunda-feira (22). A polícia foi acionada pelo companheiro da mulher, assim que ele percebeu a situação. Ediocéia estava grávida de nove meses quando deu à luz durante a madrugada e, em seguida, praticou o infanticídio.

Equipes da Polícia Militar (PM) ao chegarem ao local, viram o recém-nascido morto com diversas perfurações provocadas por golpes de faca. Conforme a Polícia Civil de Marilândia do Sul, responsável pela apuração do caso, a mulher confessou o crime em depoimento.

continua após publicidade

Informações extraoficiais da polícia dão conta que a mulher seria usuária de drogas e teria consumido crack antes do bebê nascer. A mulher permanece presa à disposição da Justiça.