Região

Queimada próximo à Jamel, em Jandaia do Sul, mobiliza Bombeiros

Da Redação ·
A alta incidência de incêndios ambientais em zonas urbanas nos últimos meses tem preocupado o Corpo de Bombeiros na região - Foto: Tribuna do Norte/Arquivo
A alta incidência de incêndios ambientais em zonas urbanas nos últimos meses tem preocupado o Corpo de Bombeiros na região - Foto: Tribuna do Norte/Arquivo

Um incêndio em vegetação foi registrado pelos Bombeiros Comunitários nesta quinta-feira (11) em Jandaia do Sul (norte do Paraná). 

continua após publicidade

A queimada ocorreu próximo a empresa de bebidas Jamel, à margem da BR-369 (Rodovia Mello Peixoto). 

Uma equipe dos Bombeiros se mobilizou rapidamente e as chamas foram apagadas antes de consequências mais graves. A causa do incêndio ambiental ainda não foi divulgada.

continua após publicidade

APUCARANA E REGIÃO
A alta incidência de queimadas em zonas urbanas tem preocupado o Corpo de Bombeiros na região norte do Paraná. Só em Apucarana, já foram registradas cerca de 340 ocorrências do gênero em 2016. No entanto, 86 foram só no mês de julho, que já se tornou o segundo mês com mais casos neste ano. Na média do ano, o 4º Subgrupamento de Bombeiros Independente (SGBI) de Apucarana atende três incêndios florestais a cada dois dias. Porém, em julho, essa média dobrou.

Abril foi o mês com maior número de incêndios florestais na zona urbana combatidos pelo 4º SGBI em 2016, que abrange também as unidades de Jandaia do Sul e Mandaguari. Foram 97 ocorrências naquele mês, que foi marcado por poucas chuvas, altas temperaturas e baixa umidade do ar. Julho tem chances de se tornar o mês com maior número de casos. 

ORIENTAÇÃO
Bombeiros orientam para que as pessoas deixem de realizar queimadas. Segundo a corporação, é importante não colocar fogo onde quer que seja, depositar o lixo em local adequado e fazer a limpeza adequada de terrenos. A fumaça causa diversos transtornos, principalmente para aqueles que já tem doenças respiratórias. Se estiver próxima a rodovias, a queimada pode causar acidentes, pois a fumaça limita a visão da pista. 

Em casos de incêndio, o Corpo de Bombeiros deverá ser chamado, através do telefone 193.

Com informações do jornalista Renan Vallin, da Tribuna do Norte