Região

​Reivindicações de prefeitos são encaminhadas a Temer

Da Redação ·
O prefeito de Apucarana, Beto Preto (PSD), participou ativamente das discussões
O prefeito de Apucarana, Beto Preto (PSD), participou ativamente das discussões

Prefeitos da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) se reuniram nesta quarta-feira (18), em Brasília, para elaborar documento com as principais demandas municipalistas. 

continua após publicidade

A promoção do diálogo federativo e medidas urgentes e estruturantes para o país pautaram um documento que foi entregue em mãos, no Palácio do Planalto, ao ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, visando o encaminhamento ao presidente interino da República, Michel Temer. 

Mobilizados pelo momento social, econômico e político que reflete diretamente em suas gestões, os prefeitos priorizaram uma pauta com propostas que visam à retomada do desenvolvimento econômico e a superação dos desafios socais.  O subfinanciamento da saúde e assuntos que já tramitam no Congresso Nacional, como alternativas para pagamento de precatórios, foram temas destacados no documento.

continua após publicidade

O vice-presidente da FNP para o Paraná, o prefeito de Apucarana, Beto Preto (PSD), participou ativamente das discussões na elaboração do documento, durante todo o dia na capital federal. 

De acordo com Beto Preto, na carta constam 44 reivindicações e sugestões apresentadas pela Frente Nacional de Prefeitos, presidida pelo prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda. “Defendi ajustes na Lei dos Precatórios, como forma de não penalizar e inviabilizar financeiramente os municípios com receitas comprometidas por gestões temerárias, em passado recente. 

Também reiterei a necessidade da renovação dos contratos dos profissionais do Programa Mais Médicos; e ainda sugeri maior participação do Governo Federal no custeio da atenção básica de saúde, equipes do Saúde da Família, Samu e Upa”, relatou o prefeito de Apucarana. Conforme ele avalia, a FNP congrega prefeitos de capitais e de centenas de outros municípios e detém um bom conceito junto ao Governo Federal e o Congresso Nacional. “Temos expectativa de que ao menos parte de nossas propostas sejam acolhidas em caráter emergencial”, opinou Beto Preto.