Região

Famílias do município de Rio Bom recebem novas moradias

Da Redação ·
Entrega de 23 casas para famílias do distrito de Santo Antônio do Palmital no município de Rio Bom. Foto: Olga Leiria / Cohapar
Entrega de 23 casas para famílias do distrito de Santo Antônio do Palmital no município de Rio Bom. Foto: Olga Leiria / Cohapar

Representantes do Governo do Paraná, da Caixa Econômica Federal e da Prefeitura de Rio Bom entregaram nesta quinta-feira (28) as chaves de 23 novas casas para famílias do distrito de Santo Antônio do Palmital, no município da região do Vale do Ivaí. As moradias foram construídas com recursos do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS), em uma parceria dos três níveis do poder público, com investimentos de aproximadamente R$ 1,3 milhão. 

continua após publicidade

A iniciativa contou ainda com a participação da União por Moradia Popular do Paraná, através do programa Minha Casa Minha Vida Entidades. Famílias com renda mensal de até R$ 1.600 foram contempladas pelo projeto. Elas vão pagar parcelas equivalentes a 5% da renda que possuem, com valores que variam de R$ 25 a R$ 80 mensais. 

O trabalho do governo estadual envolveu a assessoria técnica da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e os serviços da Copel e Sanepar para a instalação dos padrões de energia, água e esgoto do residencial. De acordo com o superintendente de Relações Institucionais da Cohapar, José Boni, o governo estadual está comprometido com a melhoria da qualidade de vida da população de todas as regiões do Estado através da oferta de condições dignas de habitação.

continua após publicidade

“Desde o seu primeiro mandato, o governador Beto Richa estabeleceu a habitação popular como um das suas prioridades, atendendo cerca de 105 mil famílias dos 399 municípios nos últimos cinco anos”, afirma Boni. 

Com a conclusão do empreendimento, já são 121 famílias atendidas em Rio Bom com projetos habitacionais, desde 2011. Além dos imóveis entregues no distrito, outros 59 já haviam sido concluídos na cidade e mais 39 na área rural do município. Somados, eles representam investimentos de R$ 4,6 milhões para a localidade em recursos dos governos federal, estadual e municipal. Para o prefeito de Rio Bom, Moisés José de Andrade, o empreendimento é resultado da união de esforços.

“Para uma família não há nada mais importante do que ter sua casa própria. Graças a essa parceria que deu certo, entre os governos estadual, federal e prefeitura, a vida dessas pessoas vai melhorar muito”, declara Andrade. Também participaram do evento o superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Olides Milesi Junior, a presidente da União Por Moradia Popular do Paraná, Maria das Graças, e os coordenadores regionais da Cohapar de Londrina e Apucarana, Claudenir Gibim e Ricardo Lima, respectivamente.

continua após publicidade

MUDANÇA DE VIDA – A aposentada Luzinete Pereira, de 47 anos, mora com os dois filhos, de favor, na casa do pai. Ao receber as chaves da sua casa própria, ela comemora a perspectiva de mudança de vida da família. “Agora vou ter mais privacidade, liberdade e principalmente mais tranquilidade para poder criar eles. Nós acompanhamos toda a construção da casa e ficamos muito contentes com o resultado”, relata Luzinete. A dona de casa Susi da Silva, 33, é casada e tem dois filhos pequenos. 

A moradia que a família recebeu é totalmente adaptada para as necessidades da filha, que é cadeirante. “A casa que a gente morava era de madeira e nós tínhamos muitas dificuldades para movimentar a nossa filha. Agora vamos ter mais liberdade, principalmente os nossos filhos, que vão poder chamar os amiguinhos para brincar em casa”, conta Susi. “É um sonho que está se realizando na nossa vida”, finaliza a dona de casa.