Região

Deputados aprovam abertura do processo de impeachment e apucaranenses comemoram

Da Redação ·
A Câmara dos Deputados ficou lotada neste domingo (17) na votação para abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Roussef - Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados/Fotos Públicas
A Câmara dos Deputados ficou lotada neste domingo (17) na votação para abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Roussef - Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados/Fotos Públicas

Os deputados federais aprovaram neste domingo (17) a abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. A sessão foi aberta às 14 horas, pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A maioria dos parlamentares concluiu até agora que a presidente Dilma cometeu crime de responsabilidade em razão das "pedaladas fiscais". 367 deputados votaram sim, 137 não e haviam sido registradas 7 abstenções.

continua após publicidade


Se aprovado, como é a tendência, o processo de impeachment segue para o Senado, que terá que decidir se acolhe a denúncia e julga a presidente por crime de responsabilidade. Os debates que antecederam a votação começaram às 8h55 de sexta-feira (15) e seguiram em sessão ininterrupta até as 3h42 deste domingo (17). Foi a sessão mais longa da história da Câmara dos Deputados.  

BANCADA PARANAENSE
A votação da bancada paranaense relativa ao impeachment da presidente Dilma Roussef não teve surpresas e a maioria votou sim. O placar foi de 26 votos a favor do impeachment e quatro contrários. A votação ainda prossegue na Câmara dos Deputados.

Sessão histórica foi aberta pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha - Foto: Nilson Batista/Câmara dos Deputados/Fotos Públicas

continua após publicidade

REGIÃO 
Em Apucarana e região a votação do processo de impeachment foi acompanhada com serenidade tanto pelos partidários da presidente Dilma Roussef como pelas pessoas favoráveis ao afastamento. Um telão foi montado próximo a agência do Banco Itau e as Lojas Pernambucanas, onde centenas de pessoas assistiram os deputados votando. Nenhum incidente foi registrado. Em Arapongas, o clima também foi de tranquilidade. Logo após a aprovação do "sim" para o impeachment, um grande número de pessoas saiu nas ruas da cidade para festejar o resultado. 

O prefeito de Apucarana, Beto Preto, não ficou surpreso com o resultado. "Isso já era o esperado", disse Beto. 

DIA HISTÓRICO
Já o presidente do Movimento Cristãos pelo Brasil, Fernando Felipetto, reiterou que esse domingo é um dia histórico para a política brasileira. “Lutamos pelo fim deste governo, que na minha opinião e de muitos especialistas, é o pior da história do Brasil. Agora os empresários brasileiros já podem ver uma luz no fim do túnel”, reafirmou Felipetto.


Durante a sessão os pronunciamentos dos parlamentares foram acalorados - Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados/Fotos Públicas