Região

População sai hoje às ruas em novo protesto contra Dilma na região

Da Redação ·
Integrante do movimento prega adesivo “Fora Dilma” em carro, ontem, em Apucarana | Foto: Sérgio Rodrigo
Integrante do movimento prega adesivo “Fora Dilma” em carro, ontem, em Apucarana | Foto: Sérgio Rodrigo

Pelo menos três cidades da região vão aderir ao dia nacional de protestos contra o governo federal que está sendo organizado pelo movimento “Fora Dilma” neste domingo (13). Manifestações estão sendo preparadas em Apucarana, Arapongas e Ivaiporã.

continua após publicidade

Segundo Fernando Felipetto, presidente do grupo “Cristãos pelo Brasil”, um dos organizadores da manifestação, o protesto em Apucarana está previsto para as 15 horas, com concentração na Praça Rui Barbosa, seguida de caminhada pelas avenidas Curitiba e Ponta Grossa.

O ex-presidente do grupo, André Romagnolli, que coordenou protestos anteriores, calcula que de 8 mil a 10 mil pessoas devam comparecer à praça hoje à tarde. “A Justiça está confirmando tudo aquilo que havia sido denunciado e era apenas suspeita”, declara.

continua após publicidade

Em Arapongas, as manifestações de protesto estão marcadas para as 16 horas, com concentração na Praça Mauá, seguindo em caminhada pela Avenida Arapongas até as imediações da Prefeitura e ginásio de esportes. De acordo com César Canassa, coordenador do Movimento Brasil Livre, que está organizando o protesto, a expectativa é reunir em torno de 10 mil pessoas.

Em Ivaiporã o protesto contra a corrupção e ato de apoio à atuação do juiz federal Sérgio Moro, que comanda as ações penais da Lava Jato, estão marcados para ter início às 10 horas, em frente à Câmara de Vereadores.

Segundo o movimento que organiza a manifestação, a expectativa é que de 500 a 800 pessoas acompanhem o ato público, que será encerrado após passeata na Praça Manoel Teodoro da Rocha.