Região

Paraná tem 110 cidades em estado de alerta com risco de epidemia de dengue

Da Redação ·

A Secretaria Estadual de Saúde do Paraná divulgou lista de 110 cidades que estão em estado de alerta por causa da dengue e de 21 com risco de epidemia devido ao alto índice de infestação do Aedes aegypti.  

continua após publicidade

Com o crescimento de casos de outras doenças relacionadas ao mosquito em algumas regiões do Brasil, como a febre chikungunya e o vírus zika, as autoridades de saúde paranaenses estão reforçando o alerta em todo o Estado.

O coordenador de endemias da 22ª Regional de Saúde, Claudio Nunes, explica que o índice de infestação acima de 4% é gravíssimo com grandes possibilidades registro de epidemia da doença.Com índice 5,71% de infestação do, Godoy Moreira é a única da região do Vale do Ivaí incluída na lista de alerta máximo. “No caso de Godoy Moreira o índice significa que a cada 100 casas visitadas em quase seis foram registrados focos do mosquito transmissor da dengue”, comenta Nunes.

continua após publicidade

 enfermeira Adriana Salviato, da Secretaria de Saúde de Godoy Moreira disse que a prefeitura já está tomando providências. “Já ampliamos o trabalho de eliminação dos criadouros e também a conscientização da população para que as pessoas cuidem de suas casas e quintais. Também já marcamos para a próxima semana uma reunião com o comitê da dengue para decidirmos a próximas ações de combate ao mosquito”, comenta Adriana. A diretora regional da 22ª RS, Eleane Rother diz que a situação é preocupante, principalmente em razão das condições climáticas atuais. “Muita chuva, seguida de sol forte são favoráveis à proliferação do mosquito”, comenta Eleane. 

APUCARANA - Em Apucarana, o diretor do Departamento de Vigilância em Saúde, Aguinaldo Aparecido Ribeiro, confirma que já foram registrado neste ano seis casos de dengue. "Foram quatro casos importados e dois autóctones. O índice de infestação no município é de 1,7%", pontua.


MOBILIZAÇÃO - Na próxima quarta-feira, dia 9 de dezembro, uma mobilização nacional contra dengue será realizada. De acordo com Aguinaldo Aparecido Ribeiro, haverá ações de panfletagem e conscientização com carro de som, partindo da Praça Rui Barbosa. “Esperamos contar com o envolvimento de toda sociedade para evitarmos o surgimento de novos casos”, convida Ribeiro. Segundo último LIRAa feito em de novembro, o índice de infestação do mosquito em Apucarana está na ordem de 1,7%. O índice seguro preconizado pelo Ministério da Saúde é abaixo de 1%.