Região

Prefeito defende candidato único em Lidianópolis

Da Redação ·
Para o prefeito, o entendimento entre os partidos nesse momento de crise seria a melhor alternativa para os pequenos municípios (Foto: Ivan Maldonado)
Para o prefeito, o entendimento entre os partidos nesse momento de crise seria a melhor alternativa para os pequenos municípios (Foto: Ivan Maldonado)

O prefeito de Lidianópolis, Celso Antônio Barbosa (PP), o Magrelo anunciou nessa semana que vai defender a tese que o município tenha candidatura única para prefeito. Ele relata que tem conversado com todos os partidos e tem pedido o entendimento. Magrelo, está no segundo mandato e não será candidato a reeleição. “Eu luto muito para que tenhamos uma candidatura única e peço à comunidade que nos ajude a interceder  junto aos políticos para que isso realmente aconteça”.

Segundo o prefeito Magrelo, Lidianópolis passa por um bom período e uma disputa politica nesse momento pode atrapalhar. “Lidianópolis pode avançar muito, com todo mundo trabalhando junto em prol de melhorias para a comunidade. O que mais destrói na política é a politicagem. Nos municípios pequenos, onde há disputas, deixa de permanecer a razão e toma conta às emoções, e isso tem se mostrado muito prejudicial”, comenta Magrelo.

Magrelo, lembra que o país passa por uma crise financeira e politica, e o entendimento entre os partidos nesse momento seria a melhor alternativa para os pequenos municípios. “Onde se puder evitar desgaste politico e financeiro que se faça isso para o Brasil tomar um rumo diferente. Por isso, estamos procurando o dialogo com todos os partidos. Acredito que vamos avançar nessa conversa e espero que tenhamos um caminho junto em 2016”, completa Magrelo.

No grupo que faz parte da aliança da atual administração, os nomes do ex-prefeito Marcos Euzébio Dias Sobreira (PMDB) e do atual vice Júlio Cezar Silva (PSDB), o Julinho são os mais cotados como pré-candidatos. Na oposição um dos nomes que também tem se destacado é a do vereador Paulo Francisco de Melo (DEM), conhecido como Paulinho da Fábrica.

continua após publicidade