Região

Feriado termina com 398 acidentes e 30 mortes nas estradas do Paraná

Da Redação ·
08/06/2015 12h52 - Atualizado em 08/06/2015 12h56 Feriado termina com 398 acidentes e 30 mortes nas estradas do Paraná Fiscalizações de Corpus Christi foram entre quarta (3) e esta segunda (8).  Em Contenda, duas pessoas morreram e quatro ficaram feridas na BR-476. Do G1 PR FACEBOOK  Segundo a PRF, o veículo trafegava pela contramão (Foto: PRF/ Digulgação) Dois irmãos morreram em um acidente na BR-476, em Contenda (Foto: PRF/ Digulgação)
08/06/2015 12h52 - Atualizado em 08/06/2015 12h56 Feriado termina com 398 acidentes e 30 mortes nas estradas do Paraná Fiscalizações de Corpus Christi foram entre quarta (3) e esta segunda (8). Em Contenda, duas pessoas morreram e quatro ficaram feridas na BR-476. Do G1 PR FACEBOOK Segundo a PRF, o veículo trafegava pela contramão (Foto: PRF/ Digulgação) Dois irmãos morreram em um acidente na BR-476, em Contenda (Foto: PRF/ Digulgação)

O feriado de Corpus Christi, celebrado na quinta-feira (4), terminou com 398 acidentes e 30 mortes nas rodovias federais e estaduais do Paraná. A operação de fiscalização nas estradas foi realizada entre a noite de quarta (3) e manhã desta segunda-feira (8) pelas polícias rodoviárias Federal e Estadual.

continua após publicidade

Do total de acidentes, 237 foram registrados nas rodovias federais, que cortam o estado. Desses, 12 pessoas morreram e 184 ficaram feridas. Também nas estradas federais, os radares flagraram 6.533 motoristas por excesso de velocidade. Desses, 113 estavam dirigindo sob efeito de bebida alcoólica. Mais de 30 foram multados pela Lei Seca. O número de mortos aponta redução de 29,4% em relação ao feriado de Corpus Christi do ano passado, quando 17 pessoas morreram. 

Um dos acidentes mais graves ocorreu na madrugada de domingo (7), na BR-476, em Contenda, na Região Metropolitana de Curitiba, e deixou dois irmãos mortos e quatro feridos. Segundo a PRF, dois carros bateram de frente. Um deles, estava na contramão. Já nas rodovias estaduais, foram registrados 161 colisões com 174 pessoas feridas e 18 mortes. Também foram autuados 2.654 motoristas. O número de mortes, conforme a PRE, é 125% maior em relação ao mesmo período de 2014 – quando oito pessoas morreram no feriado.